Governo dá tolerância de ponto à Função Pública a 24 e 31 de dezembro

Os funcionários públicos vão ter tolerância de ponto nas vésperas do dia de Natal e do primeiro dia de 2019. A decisão foi tomada pelo primeiro-ministro.

O Governo decidiu dar tolerância de ponto aos funcionários públicos nos dias 24 e 31 de dezembro, revela o despacho assinado pelo chefe do Executivo, divulgado esta quarta-feira.

Trata-se de dois dias de segunda-feira, véspera do dia de Natal e do primeiro dia do Ano Novo, respetivamente.

No despacho, a tolerância é justificada por António Costa com a “tradicional deslocação de muitas pessoas para fora dos seus locais de residência no período natalício e de ano novo tendo em vista a realização de reuniões familiares”, com a prática “ao longo dos anos” e a “tradição existente” de dar tolerância de ponto.

No ano passado, os dias anteriores a estas festividades aconteceram a um domingo, tendo o Executivo optado por dar tolerância de ponto a 26 de dezembro.

A tolerância abrange os trabalhadores que exercem “funções públicas nos serviços da administração direta do Estado, sejam eles centrais ou desconcentrados, e nos institutos públicos”.

Os serviços que, por razões de interesse público, têm de estar abertos não são abrangidos pela tolerância, ficando o membro do Governo responsável com a obrigação de definir o modo de funcionamento naqueles dias.

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Governo dá tolerância de ponto à Função Pública a 24 e 31 de dezembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião