Em véspera de Natal, bolsa de Lisboa abre a cair quase 1%

Numa sessão que será mais curta que o normal, o PSI-20 abriu em terreno negativo, em linha com a Europa.

A bolsa de Lisboa abriu esta segunda-feira no vermelho, em linha com as pares europeias. O PSI-20 cai 0,78% para 4.613,86 pontos, num dia que fica marcado pela negociação mais curta que o habitual e pela chegada a Lisboa de uma nova cotada, a Flexdeal SIMFE.

O setor da energia está entre os que penaliza o índice português. A EDP Renováveis tomba 3,01% para 7,25 euros por ação, enquanto a EDP perde 2,979 euros. Entre os restantes pesos-pesados do índice, também o BCP cai 0,61% para 0,227 euros. No retalho, a Jerónimo Martins recua 0,54% e a Sonae cede 0,25%.

Em sentido contrário, apenas cinco cotadas seguem no verde. A Galp Energia avança 0,33% para 13,50 euros por ação, a reagir à subida dos preços do petróleo. Os sinais de que a recente queda nos preços poderão começar a reduzir a oferta nos EUA está a impulsionar, esta segunda-feira, o mercado, em que o brent avança 0,67% para 54,18 dólares por barril e o crude WTI 0,29% para 45,72 dólares.

Na Europa, a tendência é generalizada. O espanhol IBEX 35 e o francês CAC 40 caem 0,90%, o britânico FTSE 100 perde 0,3% e o italiano FTSE MIB tomba 0,97%.

As principais praças europeias seguem, assim, a tendência nas ações asiáticas, que fecharam em queda com os investidores a apontarem para a instabilidade política nos EUA e para o momento de desaceleração da economia global. Os movimentos estão também a ser exagerados pelo baixo volume de negociações já que várias bolsas estão programadas para fecharem mais cedo. No caso, do PSI-20, a sessão irá terminar às 13 horas.

(Notícia atualizada às 08h20)

Comentários ({{ total }})

Em véspera de Natal, bolsa de Lisboa abre a cair quase 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião