Trump estará a ponderar ordem executiva para bloquear as chinesas Huawei e ZTE nos EUA

  • ECO
  • 27 Dezembro 2018

A ordem executiva, que estará a ser estudada há mais de oito meses, poderá ser emitida já em janeiro. Não deverá referir diretamente as marcas, mas dar azo a que sejam bloqueadas, segundo a Reuters.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, estará a ponderar uma ordem executiva no início do próximo ano que declare emergência nacional e impeça as empresas norte-americanas de usarem equipamentos de telecomunicações das empresas chinesas Huawei e ZTE, segundo confirmaram três fontes próximas da Administração, à agência Reuters.

A concretizar-se, poderá ser um novo passo da Administração Trump para bloquear a presença da Huawei Technologies Cos Ltd e da ZTE Corp — que são duas das maiores empresas de telecomunicações da China –, no mercado norte-americano. Os EUA poderão alegar que as empresas trabalham sob mandato do Governo chinês para espiar norte-americanos, de acordo com a Reuters.

A ordem executiva, que estará a ser estudada há mais de oito meses, poderá ser emitida logo em janeiro. Apesar de improvável que refira diretamente os nomes da Huawei ou ZTE, as fontes ouvidas pela agência explicaram que deverá dar azo a que o departamento do Comércio bloqueie estas marcas, autorizando que seja proibido que empresas norte-americanas comprem equipamentos de fabricantes estrangeiros de telecomunicações que representem um risco para a segurança nacional.

A Reuters explica que a ordem executiva deverá invocar, para isso, a Lei dos Poderes Económicos Internacionais de Emergência, que concede autoridade ao Presidente para regular o comércio em caso de ameaça para os EUA. Acrescenta que o texto final ainda não está finalizado.

Comentários ({{ total }})

Trump estará a ponderar ordem executiva para bloquear as chinesas Huawei e ZTE nos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião