Lula da Silva condenado a nova pena de 12 anos de prisão

  • Guilherme Monteiro
  • 6 Fevereiro 2019

É já a segunda condenação do antigo Presidente brasileiro por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da operação Lava Jato.

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, voltou a ser condenado. Desta vez a 12 anos e 11 meses de prisão por ter beneficiado com obras na propriedade de Atibaia.

O jornal Folha de S. Paulo, avança que na sentença proferida pelo tribunal de primeira instância em Curitiba o antigo Chefe de Estado volta a ser acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. Lula da Silva recebeu 1 milhão de reais (cerca de 238 mil euros) decorrentes das obras levadas a cabo pela Odebrecht, OAS e Petrobras na propriedade.

Esta é já a segunda condenação de Lula da Silva. Em abril, começou a cumprir uma pena exatamente pelos mesmos crimes, que envolvem um apartamento na praia de Guarujá. Neste caso, o antigo Presidente brasileiro recorreu da decisão judicial e está ainda a aguardar pela sentença do tribunal de terceira instância.

A sentença foi proferida pela juíza federal Gabriela Hardt, que substituiu Sérgio Moro à frente das investigações da operação Lava-Jato, depois deste ter assumido o cargo de ministro da Justiça do novo Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.

Comentários ({{ total }})

Lula da Silva condenado a nova pena de 12 anos de prisão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião