TAP preparada para dispersão em bolsa em 2020, diz Neeleman

Esforço financeiro da TAP para reestruturar empresa faz parte de preparação da dispersão do capital da companhia aérea, que pode oscilar entre 15% e 30%. Empresa estará preparada para IPO em 2020.

O esforço de reestruturar e limpar o histórico do grupo TAP faz parte de uma estratégia que visa a preparação da companhia aérea para uma futura dispersão em bolsa, explicou David Neeleman, líder da Atlantic Gateway, consórcio privado que tem 45% da TAP. Mas a operação não tem, por agora, qualquer calendário definido, ainda que Neeleman tenha avançado que espera que a TAP esteja preparada para o IPO já no próximo ano.

“Quem dita o timing é o mercado. Estamos preparando a empresa para o momento em que surgir uma oportunidade, avançarmos. Agora, o calendário não é possível de prever. Como está o apetite do mercado? Não sabemos. E quanto será a percentagem? Também não sabemos”, afirmou por sua vez Antonoaldo Neves, presidente executivo da empresa.

Mas apesar de não ter avançado com uma percentagem específica, Antonoaldo Neves admitiu que estas operações iniciais de dispersão de capital variam “sempre entre os 15% e os 30%”.

O grupo TAP apresentou esta sexta-feira os resultados de 2018, marcados por uma forte deterioração face a 2017, algo que a empresa atribuiu a impactos não recorrentes de 95 milhões de euros.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

TAP preparada para dispersão em bolsa em 2020, diz Neeleman

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião