Galp e setor do papel ditam ganhos em Lisboa

O PSI-20 está em alta pela segunda sessão, acompanhando o rumo dos pares europeus. O índice lisboeta está a ser impulsionado pelo avanço das ações da Galp Energia, Semapa e Navigator.

A bolsa nacional segue em alta pelo segundo dia consecutivo, com os receios relativos à saúde da economia a aliviarem, apesar de os investidores se manterem alerta. O PSI-20 acompanha os ganhos dos pares europeus, apoiado no avanço das ações da Galp Energia, Semapa e Navigator.

O PSI-20 soma 0,26%, para os 5.158,52 pontos, com dez dos seus 18 títulos em terreno positivo. Na Europa, o Stoxx Europe 600 avança 0,2%.

A recuperação acontece num contexto de algum alívio dos receios face à evolução da economia. “Após a desaceleração sofrida no final de 2018, os primeiros indicadores relativos a 2019 sinalizam uma melhoria”, alerta o BPI no seu Diário de Bolsa desta quarta-feira. O banco lembra o indicador de atividade económica, elaborado pelo INE, que aumentou 2,40% em janeiro face ao mesmo mês de 2018. Mas também o índice coincidente da atividade económica, calculado pelo Banco de Portugal, que em fevereiro registou um incremento de 2,10%.

“Adicionalmente, a economia continua a gerar empregos, o que em conjunto com o incremento do rendimento das famílias, a recuperação da cessão de crédito e uma conjuntura mais favorável para o investimento público deverá suportar a procura interna”, diz o BPI.

O avanço da praça lisboeta está a ser apoiado na valorização de 0,82%, para os 14,19 euros, das ações da Galp Energia. Mas também na subida dos títulos ligados ao setor do papel. Em específico a Navigator, cujas ações avançam 0,7%, para os 4,048 euros, e as da Semapa que progridem 1,11%, para os 14,54 euros.

A EDP Renováveis soma 0,3%, para os 8,455 euros, enquanto a casa-mãe EDP sobe uns ligeiros 0,09%, para os 3,478 euros, isto apesar de as suas ações terem sido alvo de uma revisão em alta de preço-alvo. O Credit Suisse subiu o target que atribui às ações da elétrica dos 3,6 para os 4 euros.

Já o BCP avança 0,23%, para os 22,12 cêntimos, com o título a dar um suporte adicional aos ganhos do PSI-20.

Nota negativa apenas para os CTT, cujos títulos perdem 0,31%, para os 2,58 euros, voltando a aproximar-se do mínimo histórico estabelecido na passada segunda-feira.

(Notícia atualizada às 822 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Galp e setor do papel ditam ganhos em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião