Fed deixa taxas inalteradas enquanto aguarda por crescimento sólido da economia e promete “ser paciente sobre futuros ajustes”

Banco central vai manter as taxas num intervalo de 2,25% a 2,50% e promete "vai ser paciente sobre futuros ajustes". Donald Trump tinha pedido a descida de um ponto percentual nas taxas.

A FED, banco central norte-americano, manteve as taxas de juro inalteradas e reiterou a sua atitude “paciente”, aguardando por um crescimento “sólido” da economia dos Estados Unidos, com uma inflação “em declínio”.

“O mercado de trabalho continua forte e a atividade económica subiu de forma sustentada” nas últimas semanas, pelo que a Fed manteve, por decisão unânime, as taxas de juro num intervalo de 2,25% a 2,50%.

O banco central norte-americano ignora, assim, as indicações de Donald Trump que na última terça-feira pedia uma redução das taxas de juro em um ponto percentual, por forma a acelerar a atividade económica.

Sustentando a decisão no facto da “economia estar em boa forma”, a Fed faz notar em comunicado “os ganhos do mercado de trabalho, uma baixa taxa do desemprego”, a par de um “abrandamento do crescimento do consumo das famílias e do investimento das empresas durante o primeiro trimestre do ano”.

A Fed opta, assim, por continuar a esperar para ver e diz que vai ser paciente sobre futuros ajustes” nas taxas de juro.

 

 

Comentários ({{ total }})

Fed deixa taxas inalteradas enquanto aguarda por crescimento sólido da economia e promete “ser paciente sobre futuros ajustes”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião