Estado tem à venda terreno nos Olivais. Pode vir a nascer um torre com 135 metros

  • ECO
  • 8 Maio 2019

A imobiliária do Estado tem à venda um terreno de 42 mil metros quadrados nos Olivais por 34,9 milhões de euros. Poderão lá nascer três edifícios, um deles uma torre de 135 metros para habitação.

A Estamo, a imobiliária do Estado, tem à venda nos Olivais um terreno com 42 mil metros quadrados, com o qual pretende arrecadar cerca de 35 milhões de euros. De acordo com o pedido de informação prévia (PIP) que foi entregue na Câmara de Lisboa, o objetivo é erguer naquele local três edifícios, um deles com 30 pisos, num total de 135 metros de altura.

De acordo com a proposta entregue à autarquia em novembro do ano passado, avança o Público (acesso condicionado), quase metade do terreno será ocupada por espaços verdes, sendo a outra metade destinada a edifícios de habitação, escritórios, comércio e equipamentos, num total de 71 mil metros quadrados.

Dos três edifícios que estão previstos, um deles terá 30 pisos acima do solo e sete caves, 550 lugares de estacionamento, e será destinado exclusivamente a habitação. Os outros dois edifícios terão cinco e dois pisos e duas e quatro caves, com 460 lugares de estacionamento.

“As intervenções no centro da cidade têm permitido reabilitar dezenas de edifícios contribuindo para um acrescido cosmopolitismo e desenvolvimento económico”, refere o PIP.

Este terreno esteve afeto a utilização militar e, em 2002, o Estado decidiu vendê-lo a si próprio, diz o Público. O processo de venda aconteceu através da Sagestamo, sociedade pública de gestão imobiliária, que criou a empresa Bensest exatamente com esse objetivo. Foi vendido na altura por 32,5 milhões de euros e, agora, o Estado quer arrecadar, pelo menos, 34,9 milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

Estado tem à venda terreno nos Olivais. Pode vir a nascer um torre com 135 metros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião