Pagar dívida à Caixa? “Obviamente que sim. Nunca dissemos que não íamos pagar”

Joaquim Barroca, ex-administrador do grupo Lena, adiantou no Parlamento que se pagassem o que devem à construtora esta certamente não estaria em falta para com os bancos.

Joaquim Barroca durante a sua audição perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República, em Lisboa.Rodrigo Antunes/Lusa 16 maio, 2019

Foi já no final da audição. O que é feito da Always Special e da Lena Construções? Tencionam pagar a dívida à Caixa Geral de Depósitos? “Obviamente que sim. Nunca dissemos aos bancos que não íamos pagar”, referiu o antigo administrado do grupo, Joaquim Barroca.

Barroca explicou até que se pagassem que o devem à construtora, este problema nem se colocava. “Se nos tivessem pago aquilo que nos devem hoje não estaríamos aqui”, garantiu na comissão de inquérito à recapitalização da CGD e aos atos de gestão. “Temos a receber dinheiro em três ou quatro mercados que daria para resolver com facilidade” as dívidas bancárias, acrescentou de seguida.

Adiantou ainda que em mercados como o angolano, venezuelano e argelino “estão resultados muito significativos” por receber. Eram países que tinham muita liquidez há uns anos e “chamavam por nós”, mas com a crise do petróleo deixou de haver dinheiro para pagar às construtoras, explicou Joaquim Barroca.

De acordo com a auditora EY, a Always Special devia 44 milhões ao banco público em 2015, que a Caixa dava como totalmente perdidos. Há ainda outro crédito à Lena Construções em incumprimento, no valor de 48 milhões de euros, com imparidades de 18 milhões de euros.

“Hoje temos convicções e trabalhamos no processo de reestruturação que estamos a discutir com os bancos para pagar aos bancos. É o nosso compromisso. Mas precisamos de confiança”, afirmou Joaquim Barroca. “Nunca dissemos aos bancos que não íamos pagar. Todos os dias trabalhamos com o objetivo de pagar aos bancos”, acrescentou.

“Temos o compromisso que havemos de reunir condições para pagar aos bancos. É esse o nosso compromisso e empenho”, disse.

Comentários ({{ total }})

Pagar dívida à Caixa? “Obviamente que sim. Nunca dissemos que não íamos pagar”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião