Sonae Sierra vai investir 260 milhões em Espanha até 2020

Depois de ter visto os lucros do primeiro trimestre subirem 25%, a empresa portuguesa quer aumentar a carteira de centros comerciais fora de Portugal, nomeadamente no país vizinho.

A Sonae Sierra quer ampliar a carteira de imóveis fora de Portugal e, para isso, tem em marcha um plano de investimento de 260 milhões de euros que deverá ficar concluído até 2020. De acordo com o El Economista (conteúdo em espanhol), o objetivo passa pela abertura de novos centros comerciais e por melhorias noutros já existentes.

O McArthurGlen Designer Outlet é o maior empreendimento que a empresa tem atualmente em curso em Espanha e representa um investimento de 140 milhões de euros. “Será o primeiro outlet do sul de Espanha e terá 30 mil metros quadrados de SBA [small business administration]“, explicou Cristina Santos, head of property management da Sonae Sierra para Portugal e Espanha.

O outlet tem abertura prevista para o outono e contará com 100 lojas, a maioria destinada a marcas de luxo. Ficará localizado junto ao complexo Plaza Mayor, em Málaga, onde está a ser feita uma remodelação avaliada em 17 milhões de euros. No Relatório e Contas de 2018, a empresa referiu que começou a renegociar este ano com os bancos os empréstimos que tem relativos a este projeto. Nos próximos dois anos, a Sonae Sierra quer ainda investir 20 milhões em obras no Max Center, em Bilbao, e 11 milhões numa transformação completa do Valle Real.

Para continuar a crescer em Espanha, tanto Cristina Santos como Alexander Pessegueiro, head of asset management da Sonae Sierra em Espanha, adiantam que o foco será a compra de “ativos dominantes e o desenvolvimento de novos centros comerciais”. Mas a empresa não descarta desfazer-se de alguns imóveis “mais maduros e que já não têm capacidade para gerar valor”. Deste modo, o dinheiro poderia ser usado em novas aquisições e melhorias.

Atualmente, a empresa é proprietária de 42 centros comerciais em todo o mundo, avaliados em 7.000 milhões de euros e gere 92 ativos imobiliários com cerca de três milhões de metros quadrados de superfície.

No primeiro trimestre do ano, a Sonae Sierra viu o resultado líquido aumentar 25% para 19,1 milhões de euros. O EBIT subiu 9% para os 29,3 milhões de euros, “refletindo a melhoria no desempenho do portfólio na Europa e Brasil”, referiu a empresa em comunicado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Sonae Sierra vai investir 260 milhões em Espanha até 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião