Liberty Seguros e Médis lançam novo seguro dentário

  • ECO Seguros
  • 1 Junho 2019

A Liberty Seguros e a Médis, que mantêm uma parceria na área dos seguros de saúde acabam de lançar o novo seguro Liberty Médis Dental, um produto que pretende promover a saúde oral

A Liberty Seguros e a Médis, que mantêm uma parceria na área dos seguros de saúde acabam de lançar o novo seguro Liberty Médis Dental, um produto que pretende promover a saúde oral, a prevenção e o tratamento de doenças dentárias.

O novo seguro vem, de acordo com as seguradoras, responder a uma necessidade do mercado português. Dados recolhidos pela Liberty Seguros estimam que 27% dos portugueses não vão ao dentista, 35% não vão ao dentista há mais de um ano e 76% dos portugueses considera caro ir ao dentista.

“O Liberty Médis Dental foi desenhado para apoiar os portugueses nos tratamentos de saúde oral, a um preço vantajoso e sem complicações. Trata-se de um produto inovador, que comparticipa cerca de dois terços das principais razões pelas quais a maioria dos portugueses visita o dentista, como consultas, extração de dentes de leite e limpeza dentária”, destaca a Paulo Ferreira, responsável do Produto Vida Poupança e Saúde, citado pelo site Vital Health.

Com a subscrição deste produto, os clientes têm acesso aos serviços da Rede Médis Dental, uma rede de clínicas dentárias presentes na maioria dos concelhos do país, nas quais podem realizar consultas, exames, tratamentos ou cirurgias. Têm ainda acesso à Rede de Saúde e Bem-Estar, uma rede que pretende oferecer aos clientes condições vantajosas no acesso a serviços no âmbito da prevenção e promoção de estilos de vida saudáveis.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Liberty Seguros e Médis lançam novo seguro dentário

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião