Generali segura nova mobilidade urbana no Brasil

  • ECO Seguros
  • 24 Junho 2019

O mercado de bicicletas e trotinetes no Brasil interessa à seguradora italiana que já obteve autorização do regulador brasileiro de vender apólices que protejam os utilizadores daqueles veículos.

A seguradora italiana Generali quer explorar o mercado de aluguer de bicicletas e trotinetes no Brasil, num momento em que no país se discute a mobilidade urbana.

A oitava maior seguradora do mundo, que regista uma receita anual em prémios que anda nos 70 mil milhões de euros, acaba de obter autorização por parte da entidade reguladora brasileira – a Superintendência de Seguros Privados – para vender apólices que protejam os utilizadores daqueles meios de transporte em caso de acidentes pessoais, como quedas.

O preço de subscrição começa em 48 centavos por dia (ou 14,46 reais por mês, cerca de 3,3 euros) para uma cobertura de sinistro de 3.000 reais (cerca de 690 euros).

Um dos principais alvos da seguradora, refere o site da revista Exame, é o condutor que utiliza os veículos para fazer entregas. No Brasil já há 4 milhões de pessoas a utilizarem plataformas como a Uber, iFood e Rappi para ganhar dinheiro — trabalhadores que não contam com nenhum tipo de amparo legal.

Comentários ({{ total }})

Generali segura nova mobilidade urbana no Brasil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião