Lovys levanta 3,3 Milhões para ser a “netflix” dos seguros

  • ECO Seguros
  • 16 Julho 2019

A tecnológica de Leiria, que está a vencer em França, obteve mais financiamento para desenvolver um novo conceito de produto personalizado a quem compra através da sua plataforma eletrónica.

A Lovys, plataforma de venda de seguros nascida em uma start up de Leiria, a quem já chamam “netflix” dos seguros, conseguiu um financiamento de 3, 3 milhões de euros para continuar o desenvolvimento do seu produto em que tem como parceiro privilegiado, entre outros, o fundo MAIF Avenir pertencente ao grupo segurador francês MAIF.

A plataforma Lovys que opera em França, tem características próprias como contratos com uma fidelização mínima de um ano, uma experiência de compra longa e um reduzido nível de digitalização no tratamento de sinistros. Uma equipa de 10 elementos em Paris e 6 em Leiria, onde mantém e pretende expandir o seu HUB tecnológico, assegura que todos os seguros tomam a forma de uma subscrição mensal modulável e facilmente cancelável. No exemplo de um seguro habitação, a Lovys diz que “em 2 minutos o cliente pode fazer a subscrição no site lovys.fr. As questões colocadas são simples e todos termos técnicos bem explicados”. Nesta operação o utilizador pode ainda personalizar a sua proteção, seja adicionando garantias ou protegendo objetos específicos como, por exemplo, um relógio ou um quadro de elevado valor.

João Cardoso, fundador da Lovys: “Em França confiam menos nas seguradores do que na banca ou no sector farmacêutico”.

 

Como produtos estão já disponíveis os seguros smartphone e habitação, sendo objetivo lançar quatro outros produtos ainda em 2019: automóvel, viagem, bicicleta e saúde para animais de estimação.

João Cardoso, o CEO que fundou a Lovys, após uma vivência em Londres na Morgan Stanley e do lançamento de duas start up no Brasil, escolheu França para começar por que, como conta, “quando analisámos os vários mercados possíveis, percebemos que as pessoas aqui (em França) confiam menos nas seguradores do que na banca ou no sector farmacêutico. Por outro lado, uma pequena percentagem comprava seguros online devido à escassez de boas plataformas”, conclui Cardoso.

Nesta nova fase a Lovys passa a contar como investidores com a Portugal Ventures, sociedade pública de capital de risco gere ativos de 200 milhões de euros, o MAIF Avenir, fundo de capital de inovação do grupo segurador MAIF com uma carteira de 250 Milhões de euros de ativos em 30 investimentos realizados, tendo ainda como parceiros, a Plug and Play, uma plataforma de inovação global e a Techstars, um ecossistema global que permite aos empresários acederem aos mercados onde decidem estabelecer-se com uma rede de cerca de 1400 empresas.

Comentários ({{ total }})

Lovys levanta 3,3 Milhões para ser a “netflix” dos seguros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião