Recuo na taxa de ocupação não afeta resultados da easyJet

  • Lusa e ECO
  • 18 Julho 2019

Entre abril e junho, a easyJet transportou 26,4 milhões de passageiros, representando um aumento de 8% em relação ao ano anterior. Faturação foi de 1.761 milhões de libras.

A companhia aérea easyJet revelou esta quinta-feira que a faturação no trimestre terminado a 30 de junho cresceu 11,4%.

Em comunicado enviado à Bolsa de Valores de Londres com as demonstrações financeiras, a empresa britânica informa que durante este período a faturação atingiu as 1.761 milhões de libras (1.949 milhões de euros), valor que compara com 1.581 milhões de libras (1.750 milhões de euros) registados em igual período do ano passado.

Entre abril e junho, a easyJet transportou 26,4 milhões de passageiros, representando um aumento de 8% em relação ao ano anterior. A taxa de ocupação foi de 91,7%, contra 93,4% no mesmo período de 2017.

O presidente da Comissão Executiva da easyJet, Johan Lundgren, classificou o desempenho de “forte”, justificando-o com um período de Páscoa “sólido”, apesar das difíceis condições macroeconómicas.

“Os nossos clientes experimentaram uma redução significativa nos cancelamentos e atrasos”, em grande parte como resultado de um investimento em operações, acrescentou. O responsável destacou que a companhia aérea está focada na redução de custos para melhorar a rentabilidade.

A empresa conta com lucros antes de impostos na segunda metade do ano entre 400 milhões e 440 milhões de libras (442 milhões de euros e 487 milhões de euros).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Recuo na taxa de ocupação não afeta resultados da easyJet

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião