Ramo automóvel pesa 49% nas reclamações

  • ECO Seguros
  • 22 Julho 2019

As reclamações analisadas pelas seguradoras aumentaram 28% no último ano, com destaque para o ramo automóvel, que representa quase metade do total.

As reclamações recebidas pelas seguradoras aumentaram 29% no último ano relativamente a 2017. As reclamações analisadas tiveram um acréscimo de 28%, de acordo com os dados apresentados pela presidente da entidade reguladora (ASF), no decurso de uma apresentação feita numa comissão parlamentar.

Foram analisadas pelas seguradoras, no último ano, 8.310 reclamações, das quais 974 respeitam ao ramo vida (um aumento de 42% relativamente ao ano precedente) e 7.336 aos ramos não vida. O destaque vai para o ramo automóvel, onde foram analisadas 4.050 reclamações. Os seguros de incêndio e outros danos suscitaram 1.344 reclamações, os de acidentes de trabalho 686 e o de saúde 380.

Em 2017 o número de reclamações analisadas apenas subira ligeiramente face a 2016, situando-se em 6.469, menos 1.841 reclamações que no último ano.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ramo automóvel pesa 49% nas reclamações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião