Tem um JNcQUOI de asiático

“O conceito de lifestyle tem vindo a tornar-se numa tendência na restauração e retalho, conquistando vários mercados e faixas etárias, especialmente millennials”.

Eat. Drink. Live. É esta a proposta do JNcQUOI Asia, o novo restaurante e bar do grupo Amorim Luxury e que representa a extensão do conceito de lifestyle JNcQUOI, agora numa vertente asiática mas com inspiração portuguesa, “e a ambição da marca” de chegar “a outras localizações e negócios dentro do segmento da moda, restauração e hospitalidade”.

Com uma localização privilegiada no coração de Lisboa, em plena Avenida da Liberdade, o espaço inspira-se nos descobrimentos portugueses e na influência gastronómica que deixámos no mundo, misturando sabores do reino da Índia, Sião (Tailândia), China e Japão – “as cozinhas que mais foram influenciadas pelos portugueses durante a época dos descobrimentos no século XV e XVI”, explica Miguel Guedes de Sousa, CEO do grupo. “O JNcQUOI Asia posiciona-se no segmento de luxo, onde pretende oferecer um conceito diferente comparativamente à oferta asiática na cidade. E pretende contar a história dos “Heróis do Mar”, os navegadores portugueses do século XVI que representavam uma nação aventureira, curiosa e tenaz e que abriram as rotas do comércio marítimo com a Ásia”, acrescenta.

A experiência divide-se em quatro espaços — Bar, Restaurante, Sushi-Bar e Terraço — e tem por base as viagens e vivências de Miguel Guedes de Sousa, durante uma década no continente asiático, onde teve a oportunidade de explorar diferentes culturas e sabores. O desafio para pensar o espaço foi passado ao arquiteto Lázaro Rosa Violán, também autor do projeto JNcQUOI Avenida. O arquiteto aposta em ambientes casuais, funcionais e, ainda assim elegantes, com destaque para a escolha de elementos que marcam o lugar, como a réplica de um dragão no centro da sala de jantar.

“Cada vez mais as experiências gastronómicas passam exatamente por isso — pela experiência. Os clientes, esperam ser surpreendidos com espaços únicos, conceitos inovadores e sabores exóticos, criando uma sensação de bem-estar e satisfação que se perpetua na memória. A nível internacional, o conceito de lifestyle tem vindo a tornar se numa tendência não só na restauração, mas também no retalho, conquistando vários mercados e faixas etárias, especialmente millennials. Em Portugal, a marca JNcQUOI foi uma das pioneiras a implementar esta tendência na capital, sob o conceito onde food meets fashion, atraindo não só os turistas, mas também ao cliente local de perfil internacional já habituado ao conceito”, acrescenta o CEO do grupo Amorim Luxury.

Através do espaço mas, também à mesa, contam-se histórias que cruzam diferentes mundos. A recordar-nos desses feitos está um mapa-mundi de azulejos portugueses, criado pela fábrica Viúva Lamego. Um mapa com as “Rotas Gastronómicas dos Descobrimentos Portugueses” desenvolvido pelo historiador português Virgílio Gomes. Já na cozinha, materializa-se verdadeiramente todo o conceito, sendo equipada com o que é tradicional de cada região, do forno Tandoori até ao grande Grill Robatta e às várias estações de Wok. Para esta nova aventura o chef António Bóia viajou pela Tailândia e China à procura dos melhores restaurantes de comida tradicional e dos melhores fornecedores asiáticos, enquanto o chef Mário Esteves estagiou no restaurante Rim Naam, no Hotel Mandarin Oriental em Banguecoque, nos restaurantes Japonês Unkai e chinês Karin, ambos no hotel Intercontinental, em Tóquio.

Comentários ({{ total }})

Tem um JNcQUOI de asiático

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião