Há mais 2 milhões de norte-americanos sem seguro de saúde

  • ECO Seguros
  • 15 Setembro 2019

O sistema público de saúde dos Estados Unidos está a perder aderentes. Meios de comunicação social local atribuem a causa a medidas tomadas pela atual administração que dificultam o Obamacare.

O número de cidadãos dos Estados Unidos sem seguro de saúde aumentou em dois milhões em 2018, revelam dados oficiais agora divulgados. É a primeira vez, em dez anos, que se regista uma subida.

O número de norte-americanos sem seguro de saúde no final de 2018 era de 27,5 milhões, o que representa 8,5% da população. Este número significa um aumento de cerca de dois milhões de pessoas em relação ao ano anterior.

Diversos meios de comunicação dos EUA atribuem esta subida a várias medidas lançadas pela administração Trump que dificultam o acesso ao Obamacare, o programa de saúde criado pelo presidente Barack Obama.

As maiores subidas nas pessoas que não têm seguro de saúde registaram-se entre as crianças hispânicas e as famílias de classe média com rendimentos bem acima da linha de pobreza.

Comentários ({{ total }})

Há mais 2 milhões de norte-americanos sem seguro de saúde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião