O terceiro aniversário do MAAT celebra-se de portas abertas

  • ECO
  • 26 Setembro 2019

No fim de semana em que se assinalam os três anos do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, em Lisboa, a programação inclui visitas guiadas, oficinas e um concerto de Legendary Tiger Man.

No fim de semana em que se assinalam os três anos de vida do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, em Lisboa, a programação inclui visitas guiadas, oficinas e um concerto de Legendary Tiger Man e oficinas.

O aniversário celebra-se no fim de semana de 4,5 e 6 de outubro, em cima das eleições legislativas, e, como já é da tradição, a programação é especial.

Exposições gratuitas

  1. A artista de origem canadiana Angela Bulloch — membro dos chamados Young British Artists (n. 1965) — criou a instalação “Anima Vectorias” especificamente para a galeria oval do MAAT, a partir de múltiplas projeções vídeo e animações em 3D. A curadoria da obra é de Inês Grosso, do MAAT; e de João Ribas, ex-diretor artístico do Museu Serralves, e pode ser vista até 2020.
  2. À semelhança de outras edições, o MAAT volta a ser parceiro da Trienal de Arquitetura de Lisboa com a exposição Economia de Meios, marca e condição da arquitetura racional. O curador Éric Lapierre selecionou um grande número de exemplos históricos e contemporâneos que nos mostram os efeitos dessa economia de meios. Até 13 de janeiro.
  3. Os portugueses João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira prepararam Ama como a Estrada Começa, uma obra criar para a Project Room do MAAT — “uma reflexão sobre espaços de controlo e dissidência dos corpos”, diz o MAAT. A curadoria é de Inês Grosso e a obra pode ser vista até 20 de abril.
  4. Dreamers Never Learn é uma instalação de Vasco Barata que transforma o espaço do museu num ambiente urbano semi-abandonado (curadoria de Carolina Grau). “Pretende refletir sobre o espaço temporariamente livre que é libertado entre o fluxo das marés da economia”, descreve o MAAT. Até 27 de janeiro.

Atividades e oficinas, dia a dia

A programação especial reparte-se pelos três dias — 4, 5 e 6 de outubro.

Sexta-feira, dia 4:

19:00 Concerto de Legendary Tiger Man (One Band Man).

Sábado, dia 5:

11:30 Oficina para famílias ‘Carrinhos Solares’.

12:00 Visita à exposição ‘Playmode’

15:00 Visita ‘Percurso Monumental’ (Central Tejo)

15:30 ‘Oficina do Cego’

16:00 Visita acessível temática arquitetura para públicos normovisuais + invisuais ou baixa visão

16:00 Arquitetura em Curtas: Festival de Curtas Metragens sobre Arquitetura, 16h-18h.

17:00 Performance de Alice Joana Gonçalves + Daddy G.

19:00 Legendary Tiger Man em cine-concerto, ‘How to Become Nothing’ + Lançamento Livro + Vinil + Conversa com Paulo Furtado, Rita Lino e José Pedro Cortes, 19h.

Domingo, dia 6

11:00 Estórias Com Asas ‘E Se, de Repente Tudo Fosse ao Contrário?’

15:00 Oficina para famílias ‘Não Acordes o Dragão’ (Central Tejo)

15:30 Oficina para famílias exposição ‘Playmode’

16:00 Performance ‘Salão para o Século XXI’, de Isabel Costa

16:30 Visita à exposição de Angela Bulloch

17:00 Out Jazz, 17h.

O museu vai estar aberto sexta-feira e sábado até às 21:00 e no domingo até às 19:00.

Comentários ({{ total }})

O terceiro aniversário do MAAT celebra-se de portas abertas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião