Seguradoras francesas procuram gestão para fundo climático

  • ECO Seguros
  • 18 Novembro 2019

Para ajudar a cumprir o Acordo de Paris, oito seguradoras, a EDF e a Caisse des Dépôts, juntaram 500 milhões de euros a dividir por três fundos para compra de ações e obrigações europeias.

Três novos fundos de investimento, com 500 milhões de euros, destinados a corresponder ao Acordo de Paris sobre alterações climáticas, estão à procura de sociedades gestoras que proponham métodos inovadores para integrar preocupações com o aquecimento global na gestão financeira da carteira de investimentos.

Enquadrados pela FFA – Fédération Française de l’Assurance, que agrupa as maiores seguradoras de França, foi constituído bloco pela Caisse des Dépôts, pela EdF e por oito seguradoras francesas: Allianz France, Aviva France, Axa France, BNP Paribas Cardif, CNP Assurances, Macif, Maif e a Société Générale Assurances.

Os 500 milhões de euros serão distribuídos por três fundos, dois destinados a ações de empresas europeias, a terceira a obrigações emitidas por entidades baseadas na Europa. As sociedades gestoras podem candidatar-se a todos os fundos ou apenas a um deles.

No caderno de encargos está definido que a gestão dos fundos deverá ser “transparente, coerente e diversificada e com elevado nível de reporting”.

Comentários ({{ total }})

Seguradoras francesas procuram gestão para fundo climático

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião