Seguradoras francesas procuram gestão para fundo climático

  • ECO Seguros
  • 18 Novembro 2019

Para ajudar a cumprir o Acordo de Paris, oito seguradoras, a EDF e a Caisse des Dépôts, juntaram 500 milhões de euros a dividir por três fundos para compra de ações e obrigações europeias.

Três novos fundos de investimento, com 500 milhões de euros, destinados a corresponder ao Acordo de Paris sobre alterações climáticas, estão à procura de sociedades gestoras que proponham métodos inovadores para integrar preocupações com o aquecimento global na gestão financeira da carteira de investimentos.

Enquadrados pela FFA – Fédération Française de l’Assurance, que agrupa as maiores seguradoras de França, foi constituído bloco pela Caisse des Dépôts, pela EdF e por oito seguradoras francesas: Allianz France, Aviva France, Axa France, BNP Paribas Cardif, CNP Assurances, Macif, Maif e a Société Générale Assurances.

Os 500 milhões de euros serão distribuídos por três fundos, dois destinados a ações de empresas europeias, a terceira a obrigações emitidas por entidades baseadas na Europa. As sociedades gestoras podem candidatar-se a todos os fundos ou apenas a um deles.

No caderno de encargos está definido que a gestão dos fundos deverá ser “transparente, coerente e diversificada e com elevado nível de reporting”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Seguradoras francesas procuram gestão para fundo climático

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião