Cap Gemini e Efma: Inventos das insurtech são fundamentais

  • ECO Seguros
  • 25 Novembro 2019

Estudo considera colaboração com empresas tecnológicas como fator essencial para responder à procura por serviços complementares, personalização e ofertas flexíveis.

O Relatório Mundial Insurtech 2019 (WITR), divulgado pela consultora Capgemini e pela Efma, uma organização não governamental que agrupa 3300 marcas de bancos e seguros em 130 países, conclui que o setor dos seguros enfrenta uma mudança estrutural onde a colaboração efetiva com as insurtech é essencial para corresponder às crescentes expectativas dos clientes.

Segundo a informação disponibilizada no site da Capgemini, essa colaboração é essencial para responder à procura por serviços complementares, personalização e ofertas flexíveis.

O documento descreve um novo ecossistema de seguros com um mercado aberto, com base no desenvolvimento de novas experiências centradas no cliente, numa seleção estruturada de insurtech e em um mercado colaborativo.

O setor dos seguros está em mudança e o relatório identifica quatro tendências atuais: uma mudança do foco do produto para a experiência do cliente, gestão dos dados como um ativo crítico, transição de uma “propriedade de ativos” para uma economia partilhada e preferir as parcerias com especialistas à abordagem tradicional de “construir ou comprar”.

“Para aprofundar o relacionamento com os clientes, as seguradoras terão que colaborar mais com as insurtech que já dominam a experiência do cliente, aproveitando as tecnologias mais inovadoras e o uso de dados”, disse Anirban Bose, CEO da Unidade de Negócios Estratégicos de Serviços Financeiros da Capgemini e membro do Conselho Executivo do Grupo.

Vincent Bastid, secretário Geral da Efma afirmou que “os dados mostram que as seguradoras e as insurtechs querem fazer parceria, o que acabará por beneficiar o cliente na forma de produtos e serviços mais avançados”.

O relatório refere que, no futuro, o sucesso no mercado depende muito da capacidade das seguradoras de evoluir para seguradoras inventivas. Isso exigirá aperfeiçoamento da sua maturidade digital e agilidade.

O World InsurTech Report (WITR) 2019 cobre todos os três ramos de seguro: Vida, Não-Vida e saúde. O relatório deste ano baseia-se em insights de pesquisa de duas fontes principais – pesquisas e entrevistas com empresas de seguros tradicionais e insurtech.

Comentários ({{ total }})

Cap Gemini e Efma: Inventos das insurtech são fundamentais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião