Mutua Madrileña mantém-se líder no ramo Não Vida em Espanha

  • ECO Seguros
  • 28 Janeiro 2020

O top 10 das seguradoras Não Vida em Espanha detém 65% de quota de um mercado de 36 mil milhões de euros, que cresceu mais de 3% em 2019.

A Mutua Madrileña manteve-se líder de mercado nos ramos de seguros Não Vida (Generales) em Espanha em 2019, crescendo a sua produção em 4,4% relativamente a 2018 ao obter 5,27 mil milhões de euros em prémios. A Mapfre continua perto do topo, mas com um crescimento de 3% atingiu apenas os 5,15 milhões. Estas duas primeiras do ranking somam 28,5% de quota do mercado total que, durante o ano passado, atingiu os 36,6 mil milhões de euros.

Num segundo escalão, situaram-se a Allianz, Catalana Occidente e AXA, com valores de prémios anuais entre 2,2 e 2,5 milhões de euros e quota de mercado de 6,7% para a alemã – que foi a única do top 10 a decrescer produção (-2,3%) e 6,07% para a Catalana que ultrapassou este ano a AXA que se ficou por 6,05% do quota de mercado.

As últimas cinco do top 10 em 2019 foram a Generali com 1,59 mil milhões de euros de prémios faturados, a Sanitas com 1,4 mil, Asisa, Santalucía e Zurich que foi, entre as dez maiores, a que registou maior crescimento (6,4%) atingindo uma faturação de prémios no valor de 1.056 milhões de euros.

Estas dez maiores têm em conjunto 64,9% do mercado Não Vida de Espanha.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mutua Madrileña mantém-se líder no ramo Não Vida em Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião