Fidelidade subscreve compromisso Lisboa Capital Verde Europeia

  • ECO Seguros
  • 2 Fevereiro 2020

A seguradora aderiu ao Compromisso Lisboa Capital Verde Europeia 2020 – Ação Climática 2030, lançado pela Câmara Municipal de Lisboa, no ano em que a cidade é a 'Capital Verde Europeia'.

Apostada no reforço da responsabilidade e sustentabilidade social, a Fidelidade anuncia, a propósito de Lisboa Capital Verde Europeia, um «ambicioso plano de ações a implementar na empresa para a próxima década em pilares estratégicos para a prossecução e superação das metas ambientais definidas

Subscrevendo este compromisso, «a Fidelidade assume o desafio de desenvolver medidas de ação climática em todas as áreas de intervenção definidas, nomeadamente na energia, mobilidade, água, qualidade do ar e do ruído, economia circular e cidadania e participação», esclarece a seguradora em comunicado.

A Fidelidade é líder de mercado em Portugal, tanto no ramo vida como não Vida, registando atualmente uma quota de mercado de cerca de 30,7%. «O facto de dar uma importância crucial à qualidade do serviço que presta e à oferta abrangente e inovadora que oferece fazem da Fidelidade uma das seguradoras mais premiadas em Portugal, bem como internacionalmente», realça.

Neste sentido, a instituição nota que, em 2014, foi distinguida pela “Efma Accenture Innovation Awards”, na categoria de “sustainable business”, com o seu projeto WeCare‘, que tem como objetivo apoiar a correta reinserção de pessoas que foram vítimas de acidentes graves que puseram em causa a sua reintegração física, económica e social.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fidelidade subscreve compromisso Lisboa Capital Verde Europeia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião