Ford oferece nos EUA apólices até 40% mais baratas em troca de dados dos condutores

  • ECO Seguros
  • 25 Fevereiro 2020

A maioria das viaturas Ford e Lincoln que o fabricante norte-americano comercializa no seu mercado doméstico são conetadas. Em parceria com a Nationwide, a Ford avança uma nova abordagem nos seguros.

A construtora automóvel acaba de lançar uma solução de seguro, por enquanto apenas para o mercado dos Estados Unidos, oferecendo descontos de até 40% nas apólices desde que os clientes aceitem partilhar dados sobre os seus hábitos e estilos de condução.

Com a Nationwide, seguradora parceira do grupo automóvel, a fabricante de Dearborn (Detroit) decidiu aproveitar a recolha de dados sobre os comportamentos de condução dos automobilistas para ajudar na modulação dos prémios de seguro e gestão de custos associados às coberturas em 39 estados americanos, para depois estenderem a solução às restantes circunscrições da União.

As gamas atuais do construtor compõem-se de veículos que, na maioria, são conetados. De acordo com a Elena Ford, responsável pela área de ‘Experiência do Cliente’ na Ford Motor Co, trata-se da mais recente iniciativa da companhia “para melhorar a vida dos clientes”.

A nova solução de seguro “permite aos proprietários dos veículos conectados assegurar a cobertura do seu investimento mais valioso – o seu automóvel – com a vantagem de economizar dinheiro”, salientou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ford oferece nos EUA apólices até 40% mais baratas em troca de dados dos condutores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião