Ageas quer vendas proativas e crescer acima do mercado

  • ECO Seguros
  • 27 Fevereiro 2020

Para uma plateia de 800 mediadores, executivos da seguradora e do grupo apontaram elevados objetivos de vendas para este ano, procurando sempre rentabilidade nos negócios.

O grupo Ageas reuniu mais de oitocentos mediadores no pavilhão dos desportos em Lisboa no Summit’20, premiando e motivando as redes de distribuição exclusiva e multimarca e explicando os objetivos para este ano.

Steven Braekeveldt, CEO do Grupo Ageas Portugal, fez o balanço sobre o percurso da Ageas Seguros nos últimos três anos afirmando que “ao início era uma marca desconhecida e gerou dúvidas, hoje em dia é uma certeza“. O CEO referiu ainda a “excelente rentabilidade alcançada” e “os 1,4 mil milhões de euros” que as marcas do Grupo Ageas Portugal (Ageas Seguros, Ageas Pensões, Médis, Ocidental e Seguro Directo) “devolveram à sociedade por via de indemnizações pagas aos clientes”.

Parte do “estado maior” da Ageas esteve na Summit’20: Eduardo Consiglieri Pedroso (CEO da Médis); Nelson Machado (CEO da Ocidental); José Gomes (CEO da Ageas Seguros) e Steven Braekeveldt (CEO Grupo Ageas Portugal).

A abertura do evento ficou a cargo de José Galamba de Oliveira, Presidente da Associação Portuguesa de Seguradores, que focou a sua intervenção na atividade do mercado em 2019, referindo “uma quebra da produção nova no ramo Vida, muito devido à queda da venda de PPR no segundo semestre”. Acrescentou ainda que “em termos de mercado, o último ano foi interessante, mas com uma realidade distinta nos ramos Vida e Não Vida” tendo o mercado total atingido 12,2 milhões de euros em produção de seguros diretos” com “o grosso do investimento em Portugal a ser feito em obrigações e dívida pública”. Como desafios e perspetivas para 2020, o presidente falou “nas alterações climáticas, na necessidade de educação financeira, no aproveitamento das novas tecnologias para otimização de processos e na implementação do IFRS 17”.

Para o CEO da Ageas Seguros, José Gomes, “2019 foi um ano desafiante, mas a Ageas Seguros cresceu acima da taxa do mercado”, e sublinhou “o papel que os mediadores têm de ter na construção do futuro, mas também o esforço que se tem vindo a fazer nestes últimos três anos de passar de uma venda reativa para uma venda proativa”.

Segundo José Gomes é nesse sentido que a Ageas Seguros, que conta com redes de mediadores exclusivos e redes multimarca, tem investido, ao nível da formação e certificação dos mediadores como igualmente em “ferramentas de capacitação e outras que permitem passar do trabalho mais administrativo para aquilo que é uma atitude proativa e de verdadeiro acompanhamento do dia a dia dos nossos clientes”.

A Ageas Seguros aproveitou o evento e premiou os 20 melhores agentes gerais exclusivos, os 20 melhores mediadores multimarca e os 30 melhores consultores private. Este ano o prémio foi uma viagem à Islândia, em 2021, será à Costa Rica.

Para Gustavo Barreto, Diretor Geral de Marketing da Ageas Seguros, “os objetivos para 2020 são claros: Crescer acima do mercado, consolidar o crescimento com rentabilidade e trabalhar com os melhores profissionais do mercado”. Gustavo Barreto lembra existirem “muitos Mediadores a quererem trabalhar” com a Ageas Seguros, “mas torna-se necessária uma análise muito profissional e muito rigorosa neste campo para garantir a indispensável qualidade na oferta de serviços”.

A Ageas Seguros anunciou ainda o regresso do Fórum PME Global. Um segundo ciclo de conferências vai percorrer, oito cidades distintas em outros tantos pontos do país. Viana do Castelo recebe a primeira no próximo dia 12 de março, a 26 de maio é a vez de Chaves, a 22 de outubro Setúbal e no dia 24 de novembro fecha a presença em 2020, em Castelo Branco. Em 2021, este ciclo de eventos, passará por Albufeira, Aveiro, Covilhã e Santarém.

Por último, Alexandra Catalão, Diretora de Marketing da Ageas Seguros, explicou que Ageas Seguros “não é uma marca cinzenta, sendo bastante arrojada a forma como a comunicamos e as pessoas que trazemos para comunicar”. Salientou o investimento “em campanhas online e offline, com iniciativas disruptivas e que o setor segurador não faz”. A diretora concluiu que são formas diferenciadoras as que “a marca Ageas Seguros tem apostado para apoiar a cultura desportiva e a educação, para além do apoio à cultura”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ageas quer vendas proativas e crescer acima do mercado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião