Marcelo em “quarentena” por causa do coronavírus. Presidente faz testes na segunda-feira

  • ECO
  • 8 Março 2020

Presidente da República não apresenta qualquer "sintoma virótico", mas decidiu entrar em "quarentena" domiciliária por razões preventivas. Marcelo faz testes na segunda-feira.

Marcelo Rebelo de Sousa “decidiu cancelar toda a sua atividade pública, que compreendia várias presenças com número elevado de portugueses, assim como a própria ida a Belém, durante as próximas duas semanas”. A decisão de entrar numa situação de “quarenta” domiciliária, preventiva, foi tomada porque uma turma da escola de Felgueiras que foi encerrada devido ao internamento de um aluno ter estado no Palácio de Belém na última terça-feira. O Presidente da República fará esta segunda-feira o teste ao Covid-19, confirmou à Lusa fonte oficial da Presidência.

Um comunicado publicado do sítio oficial da Presidência explica a decisão para a “quarentena” de Marcelo Rebelo de Sousa. “Na noite passada, na sequência de ter sido internado um aluno de uma escola de Felgueiras, foi encerrada essa escola. Hoje, à tarde, foi apurado que uma turma dessa escola havia estado em Belém, na última terça-feira, no âmbito da iniciativa “Artistas no Palácio de Belém”, em sessão a que assistiu o Presidente da República, tendo, no final, tirado fotografias com os alunos e professores, sem, no entanto, os ter cumprimentado um a um”.

Nem o aluno ora internado, nem a sua turma estiveram em Belém. Mesmo assim, “atendendo ao que se sabe hoje e não se sabia na terça-feira passada, apesar de não apresentar qualquer sintoma virótico, decidiu cancelar toda a sua atividade pública, que compreendia várias presenças com número elevado de portugueses, assim como a própria ida a Belém, durante as próximas duas semanas”. Ou seja, entra numa espécie de quarentena preventiva domiciliária.

Segundo a nota oficial, “estão já em curso contactos com todos os que estiveram presentes na sessão de terça-feira e foi suspensa a iniciativa “Artistas no Palácio de Belém”, programada para durar até ao fim do ano letivo”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Marcelo em “quarentena” por causa do coronavírus. Presidente faz testes na segunda-feira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião