Espanha regista mais uma descida de mortes e novos infetados por Covid-19

  • Lusa
  • 10 Abril 2020

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 605 mortes devido à covid-19, um número que confirma a descida dos últimos dias e o mais baixo desde 24 de março, havendo um total de 15.843 óbitos.

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 605 mortes devido ao novo coronavírus, um número que confirma a descida dos últimos dias e o mais baixo desde 24 de março, havendo agora um total de 15.843 óbitos, segundo as autoridades sanitárias.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 4.576 novos infetados, também uma redução em relação aos dias anteriores, sendo agora o total de contagiados de 157.022 (dados consolidados às 20h00 de quinta-feira, hora de Lisboa).

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 55.668 pessoas foram consideradas como curadas, uma percentagem de 35%, que está a subir, em relação aos casos positivos confirmados.

Coronavírus Dados Informativos

Última atualização: 2020-12-06 01:32:02

Fonte: DGS

  • Confirmados

    318.640

    +6087

  • Internados

    3.229

    -66

  • Internados UCI

    517

    -9

  • Óbitos

    4.876

    +73

Alemanha ultrapassa 5 mil novos casos diagnosticados num só dia

A Alemanha, quarto país com mais casos do mundo, regista 113.525 infetados com Covid-19, um aumento de 5.323 em apenas um dia, de acordo com os números avançados pelo Instituto Robert Koch (RKI). Pelo segundo dia consecutivo, o país volta a atingir o maior aumento de vítimas mortais, um crescimento de 266 em relação ao dia anterior, totalizando agora 2.373.

A entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças revela ainda que, dos casos de infeção, 53.913 são considerados curados, mais 3.987 do que na véspera. A Baviera, maior região da Alemanha e a mais afetada, supera agora os 30 mil casos (30.363) e as 700 vítimas mortais (703).

A chanceler Angela Merkel voltou a pedir paciência aos alemães durante uma conferência de imprensa na quinta-feira e frisou que a situação continua “frágil” e que é necessário “conviver ainda algum tempo com o vírus”, numa referência à duração das medidas de distanciamento social e de higiene.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 94 mil. Dos casos de infeção, mais de 316 mil são considerados curados.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Espanha regista mais uma descida de mortes e novos infetados por Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião