Tesla desiste de segurar responsabilidade dos gestores

  • ECO Seguros
  • 29 Abril 2020

Elon Musk, CEO da companhia, vai assumir pessoalmente as coberturas de seguros D&O por um ano, precisamente o período pelo qual a apólice ficou por renovar.

No seguimento da análise realizada anualmente aos salários e benefícios garantidos aos seus dirigentes, a Tesla decidiu não renovar junto das seguradoras as coberturas anuais de responsabilidade civil contratadas para os administradores e diretores executivos (seguro D&O).

A Tesla justifica a decisão com os prémios “desproporcionalmente elevados” que as seguradoras pedem para cobertura de potenciais sinistros de gestão dos seus dirigentes.

De acordo com a imprensa, Elon Musk, fundador e CEO da companhia fabricante de automóveis eletrónicos e matriz da SpaceX, assumiu que pode suportar pessoalmente a despesa anual equivalente ao capital coberto pelas apólices que o setor segurador pode oferecer à empresa.

Em documento remetido à SEC – Securities Exchange Commission, entidade de supervisão dos mercados de valores mobiliários dos Estados Unidos , a Tesla detalha exaustivamente a política de remuneração e pacotes de benefícios financeiros e sociais concedidos aos executivos e membros do conselho de administração do grupo.

De acordo com o notificado à SEC, o conselho de administração da Tesla ponderou a proposta do CEO do grupo e concluiu: uma vez que a solução será regida “por um acordo vinculativo com a Tesla, em relação à qual Musk não tem poder discricionário unilateral e se destina a substituir uma apólice de seguro normal”, a alternativa apresentada também “não prejudica o julgamento independente dos restantes membros do conselho de administração”.

Escusando comentar especificamente o caso, Rob Yellen, um executivo da Willis Towers Watson abrevia: “Por vezes isso acontece”. Muitas vezes, clientes com apetite pelo risco “sentem que não precisam de o transferir para uma seguradora.” Ainda, “confrontados com aumentos de preços, tendo em conta o panorama geral, apercebem-se de que há muito valor em cima da mesa e, se puderem pagar a cobertura, fazem-no”, explica Yellen citado pelo Insurance Journal.

Na semana passada, acrescenta a publicação, especialistas participantes num webinar disseram que, devido à pandemia de coronavírus, as empresas deveriam contar com um agravamento nos prémios de seguro, limites mais baixos e mais exclusões nas apólices.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tesla desiste de segurar responsabilidade dos gestores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião