Hertz declara bancarrota nos Estados Unidos e Canadá

  • Lusa
  • 23 Maio 2020

A empresa vai declarar falência nos Estados Unidos e no Canadá devido ao facto de a pandemia ter provocado um impacto "repentino e dramático" na procura por carros para alugar.

A pandemia do novo coronavírus levou a empresa norte-americana de aluguer de carros Hertz a recorrer ao designado capítulo 11 da lei da bancarrota, ao fim de mais de um século de existência.

Por enquanto, este procedimento diz respeito apenas às suas operações nos Estados Unidos e no Canadá, afirmou o grupo em comunicado à imprensa. Assim, poupa as suas principais regiões operacionais, principalmente Europa, Austrália e Nova Zelândia.

O impacto da Covid-19 na procura de viagens foi repentino e dramático, resultando numa queda acentuada nas receitas da empresa e reservas futuras”, apontou o Grupo.

A Hertz diz que tomou uma “ação imediata” que prioriza a saúde e a segurança dos funcionários e dos seus clientes. Na sexta-feira, o Grupo disse que até 20.000 pessoas foram demitidas, cerca da metade da sua força de trabalho global.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hertz declara bancarrota nos Estados Unidos e Canadá

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião