Amanda Blanc é a nova presidente executiva da Aviva Plc

  • ECO Seguros
  • 6 Julho 2020

Maurice Tulloch, até agora CEO do grupo britânico, renunciou para se aposentar. Amanda, administradora não executiva independente desde início do ano, assume o cargo com efeitos imediatos.

Amanda Blanc chega à liderança da Aviva exibindo currículo notável. Ao longo da carreira, foi CEO para a região EMEA e responsável de Global Banking Partnerships no grupo Zurich. Antes disso, foi também Chief Executive Officer (CEO) na filial britânica do grupo Axa. Na liderança de organizações setoriais, Amanda presidiu à Associação de Seguradores Britânicos (ABI) e foi presidente do Chartered Insurance Institute.

Amanda Blanc, está agora na Aviva depois de AXA, Zurich, da Associação de Seguradores Britânicos (ABI) e do Chartered Insurance Institute.

Desde janeiro de 2020, Amanda Blanc ocupa um lugar no conselho de administração da Aviva como independente e preside também a um comité que funciona junto do board para as áreas de Reputação, Conduta e Clientes.

Citada num comunicado do grupo britânico, Amanda Blanc, afirmou: “Sinto-me honrada por me ser dada a oportunidade de ajudar a moldar o seu futuro. Quero que Aviva seja novamente a líder na nossa indústria e a primeira escolha para os nossos clientes e parceiros”. Para se dedicar às novas funções, Amanda cessa os compromissos não executivos, mas vai manter o exercício voluntário de presidente do Conselho Profissional de Râguebi do País de Gales.

A nova CEO da Aviva Plc vai auferir salário base de um milhão de libras esterlinas (cerca d 1,1 milhão de euros anuais). Mas, o documento que anuncia a nomeação de Amanda Blanc detalha pacote adicional, com base na política de remunerações, prémios e benefícios de longo prazo, conforme prática na Aviva Plc.

Por razões de saúde familiar, Maurice Tulloch, até agora CEO da Aviva, renunciou ao cargo para se aposentar e abandona também das funções no conselho de administração (board) da Aviva plc. Foi nomeado para o conselho de administração (CA) em 2017 e ascendeu a funções de CEO em março de 2019.

Citado no mesmo comunicado, George Culmer, presidente do CA da Aviva, agradeceu a Tulloch “pela sua valiosa contribuição durante muitos anos com a Aviva”. Depois de lamentar as razões de saúde familiar na base da renúncia de Maurice, o chairman manifestou-se “encantado” com a nova CEO: “o Conselho de Administração foi unânime em apoiar a sua nomeação. Sei que ela trará um verdadeiro dinamismo à Aviva e restabelecerá as nossas credenciais (…).”

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Amanda Blanc é a nova presidente executiva da Aviva Plc

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião