CGD já disponibilizou às empresas 84% do valor das linhas de crédito aprovadas

Banco do Estado disponibilizou às empresas 782 milhões de euros ao abrigo das várias linhas de apoio à pandemia Covid-19 com garantia das Sociedades de Garantia Mútua.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) já distribuiu pelas empresas 782 milhões de euros ao abrigo das várias linhas de apoio à pandemia que disponibiliza. O número refere-se ao balanço que se registava a 6 de julho, sendo que este corresponde a 84% do valor que o banco público já conseguiu ver aprovado pelas Sociedades de Garantia Mútua (SGM).

A instituição financeira liderada por Paulo Macedo, revela que àquela data as SGM já tinha aprovados 929 milhões de euros do crédito por ela submetidos, esclarecendo ainda em comunicado que “desde maio disponibiliza os fundos às empresas assim que têm o contrato assinado pelo cliente e a documentação completa exigida, sem aguardar pela assinatura final das SGM”.

A Caixa diz ainda ser “dos bancos com maior percentagem de candidaturas a ‘aguardar decisão’ das SGM”, explicando que “estas candidaturas, previamente concertadas com os clientes, vão sendo servidas à medida que o plafond da linha de 6,2 mil milhões de euros vai ficando liberto”.

É dado ainda conta que a Caixa submeteu propostas de financiamento de 6.500 empresas, salientando que de acordo com informação disponível no sistema, no final de junho, lhe cabia uma quota superior a 14%, que estima “continue a crescer à medida que o plafond seja libertado pelas SGM”.

Adicionalmente, a Caixa diz que já financiou em linhas específicas FEI Covid cerca de 279 milhões, para 3.700 empresas, maioritariamente micro e pequenas empresas, “assegurando desta forma, a satisfação das necessidades da generalidade dos seus clientes”.

Os montantes, anteriormente referidos, são uma parte dos 3,5 mil milhões de euros que a CGD disponibilizou às empresas desde o início do ano. A este valor acrescem 4,8 mil milhões de euros em linhas contratadas e não utilizadas, e 3,3 mil milhões de euros em linhas aprovadas e não contratadas. “No total são 11,6 mil milhões de euros disponibilizados ao tecido empresarial português em 2020“, remata o banco.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CGD já disponibilizou às empresas 84% do valor das linhas de crédito aprovadas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião