Ivity aposta nas máscaras made in Portugal contra a pandemia

É conhecida como uma das principais agências de branding em Portugal, mas com a pandemia lançou-se numa nova missão: proteger marcas e pessoas com máscaras made in Portugal.

A ideia nasceu em plena pandemia. Num contexto que apanhou de surpresa as empresas nacionais, com quebras significativas na sua atividade e na faturação, a agência de branding Ivity Brand Corp lançou-se numa nova missão. E, assim, nasceu a portuguesemask.

Uma marca e uma nova unidade de negócio, que produz máscaras — com a missão de proteger marcas, pessoas, colaboradores, clientes, e a população em geral, que aposta e trabalha em parceria com a indústria têxtil portuguesa, também ela apanhada pela crise. Hoje às mascaras já se junta também uma coleção de toalhas, para se usar na costa portuguesa e nas praias fluviais.

O projeto que coloca a portugalidade em cada produto, que quer levar o made in Portugal mais longe. Uma ideia com fibra, a trabalhar — Ivity e parceiros industriais — a velocidades incríveis, porque como nos diz em entrevista o presidente da agência é preciso uma “economia solidária e momentos de inspiração”.

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ivity aposta nas máscaras made in Portugal contra a pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião