Tui UK fornece cobertura Covid a todos viajantes até final de 2020

  • ECO Seguros
  • 12 Julho 2020

A Tui, líder em viagens de férias no Reino Unido, oferece cobertura para a doença do novo coronavírus covid-19 como extensão do habitual seguro de viagem aos passageiros que saiam para o estrangeiro.

A nova cobertura do operador turístico global é oferecida a todos os viajantes em movimento outgoing no âmbito do programa de férias Promise e tem duração até final de dezembro.

De acordo com a proposta divulgada no site do operador relançando a época de verão: para que os britânicos possam ir de férias “com toda a paz de espírito”, os turistas que viagem pela Tui ficam cobertos por “eventuais custos com testes e repatriamento para tratamento médico se necessário”, sempre em conformidade com os termos e condições da cobertura.

Caso o turista se confronte, onde estiver, com imposição de isolamento profilático, a solução Covid 19 Cover assegura a “extensão da estadia” no destino onde o cliente se encontre, bem como um novo voo de regresso a casa. Ainda, se o cliente contrair covid19 antes da sua partida para qualquer destino de férias poderá reagendar a sua viagem sem quaisquer custos adicionais, explica a Tui.

Citado na imprensa britânica, Andrew Flintham, diretor-geral da Tui para o Reino Unido e Irlanda comentou a vantagem da nova cobertura: “Significa que podem reservar com confiança, sabendo que os custos adicionais associados ao Covid-19 que não seriam cobertos por um seguro de viagem regular, serão resolvidos”.

O lançamento da Covid 19 Cover precedeu o fim de semana 11 e 12 de julho e foi acompanhado pelo anúncio de sete novos destinos de verão. A partir de 25 de julho, o operador estende ligações (do Reino Unido, e com reativação das saídas de Bristol) para diversos pontos de Espanha (Málaga, Alicante, Fuerteventura, Gran Canaria, Menorca e Reus), e a Ilha de Zakynthos (Zante), na Grécia.

A partir de 1 de agosto, as operações serão reforçadas com operações desde Glasgow, para um total de 12 aeroportos, e o número de destinos será elevado para 24, incluindo quatro na Turquia.

Portugal (excetuando as permissões para a regiões dos Açores e Madeira) mantém-se condicionado pelo Reino Unido, segundo decisão controversa que mantém o destino excluído da lista de países não sujeitos a quarentena. Por isso, nem a Tui nem a Jet2 planeiam, por enquanto, realizar voos para Portugal.

De acordo com informação da Tui Portugal, o grupo desenvolve operações em vários mercados, contando 1800 agências e portais online, seis companhias aéreas (um total de 130 aviões), mais de 300 hotéis e mais de uma dezena de navios de cruzeiro.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tui UK fornece cobertura Covid a todos viajantes até final de 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião