IATI lança novo seguro de viagem para campistas e caravanistas

  • ECO Seguros
  • 13 Julho 2020

A nova solução de viagem e assistência fornece cobertura de Responsabilidade Civil privada de até 30 mil euros para danos materiais ou corporais a terceiros, extensível a animais de estimação.

IATI Escapadinhas fornece cobertura a danos ocasionados por animais companheiros de jornada.

Lançado também em Espanha pela IATI Seguros, sob designação IATI Escapadas, o novo produto é um seguro desenvolvido especialmente para viagens nacionais dentro de Portugal e por países da Europa.

“O seguro conta com coberturas específicas para nichos de viajantes como cicloturistas, campistas e os que viajam em autocaravana, assim como os que não deixam seus animais de estimação nem quando saem de férias.” Disponível no mercado português desde 10 de julho, o produto já regista “várias vendas”, disse a ECOseguros Mariana Naccaratti, country manager da IATI Seguros.

Por causa da pandemia, os últimos meses foram muito difíceis, com isolamento prolongado, muita incerteza e um custo emocional importante, nota a seguradora. “Agora, mais do que nunca, precisamos de ar fresco, evadir-nos, sair, respirar, partilhar com a família e os amigos e desfrutar novamente da liberdade de viajar”. É neste contexto que a companhia acaba de lançar o Escapadinhas, “um produto económico e com as coberturas adequadas, para cobrir todas as deslocações, porque neste verão qualquer escapadinha será uma grande viagem.”

No caso da autocaravana ou campero seguro é para as pessoas e não para o veículo. Não cobre multas. Na cobertura de responsabilidade civil privada assumimos o pagamento da indemnização que possam ser exigidas [ao segurado] como responsável de danos corporais ou materiais causados a terceiros”. A cobertura “só se aplica a viagens com origem ou destino Portugal”, explicou a responsável da companhia pioneira em seguros de viagem.

A lista de coberturas inclui roubo dentro de qualquer veículo, veículo de substituição e até mesmo um condutor profissional, se necessário. O IATI Escapadinhas também oferece teleconsulta médica “para que o viajante tenha toda comodidade e não precise ter contacto com hospitais e centros médicos”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

IATI lança novo seguro de viagem para campistas e caravanistas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião