BRANDS' ECO 2019 foi ano histórico para a atração de IDE em Portugal, conclui estudo

  • BRANDS' ECO
  • 21 Julho 2020

De acordo com o EY Attractiveness Survey Portugal, o número de projetos de investimento direto estrangeiro (IDE) em 2019 em Portugal mais do que duplicou face ao ano anterior.

O ano de 2019 afigurou-se como um marco histórico para o Investimento Direto Estrangeiro (IDE) em Portugal, confirmando-se a tendência de crescente atratividade do país para investidores estrangeiros.

A edição deste ano do EY Attractiveness Survey Portugal demonstra que em 2019 o número de projetos (158) mais do que duplicou face a 2018 (74). Apesar do impacto profundo que a Covid-19 está a ter nas decisões de investimento, o IDE em Portugal tem também dado sinais de alguma resiliência quando comparado com os seus congéneres europeus.

Portugal deve continuar a apostar na tecnologia, na inovação, no talento e no enquadramento tributário, assim como na recuperação e na abordagem proativa aos investidores de forma a reforçar o seu posicionamento no longo prazo.

Todas as conclusões do estudo estão resumidas neste vídeo.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

2019 foi ano histórico para a atração de IDE em Portugal, conclui estudo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião