Fundos Corum investem 133 milhões na compra de 8 edifícios no segundo trimestre

  • ECO
  • 25 Agosto 2020

Entre as aquisições dos fundos da francesa Corum encontra-se o edifício na Noruega que alberga um concessionário e centro de assistência da fabricante americana Tesla.

A Corum, uma sociedade francesa que gere ativos de mais de quatro mil milhões de euros, investiu 132,7 milhões de euros na aquisição de oito edifícios, entre abril e junho, através dos seus fundos Corum Origin e Corum XL.

Em comunicado, a Corum, cujos fundos também são comercializados em Portugal, adianta que as aquisições foram realizadas na Holanda, Itália, Reino Unido, Polónia e Noruega.

As principais compras foram realizadas nos últimos dois países: na Polónia, adquiriu um edifício no valor de quase 62 milhões de euros, onde trabalham 1.500 colaboradores da empresa de transportes DSV; já na Noruega comprou um edifício que alberga um concessionário e centro de assistência da fabricante de automóveis norte-americana Tesla.

“Estas aquisições inserem-se nos planos de longo prazo dos nossos fundos. A pandemia da Covid-19 veio reforçar a nossa estratégia de investir na economia real. Estamos convencidos de que o valor dos nossos imóveis está na qualidade do arrendatário e na sua capacidade de pagar renda a longo prazo”, refere José Gavino, diretor da Corum em Portugal.

“Os novos edifícios apresentam rentabilidades iniciais interessantes que chegam aos 8,48%, têm arrendatários de setores como as telecomunicações, transporte internacional de mercadorias, bricolage ou carros elétricos. São setores que mostraram grande resiliência e até crescimento durante o período de confinamento na Europa”, acrescenta.

A Corum lembra ainda que os seus fundos, que investem apenas em imóveis comerciais, já aplicaram mais de 60 milhões de euros em Portugal, onde tem uma sucursal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundos Corum investem 133 milhões na compra de 8 edifícios no segundo trimestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião