“Não é um favor. É um dever”, diz Marcelo sobre publicação das regras da DGS para o Avante

Presidente da República afirma que preferia ter conhecido antes o parecer técnico da DGS para o Avante e que preferia que este não tivesse sido tornado público por pressão política.

O Presidente da República elogiou a divulgação do parecer técnico da Direção Geral de Saúde (DGS) sobre a realização da Festa do Avante!, mas criticou o timing e as motivações. Em declarações aos jornalistas transmitidas pelas televisões, um dia após ter pedido a publicação do documento, Marcelo Rebelo de Sousa disse que preferia ter tido conhecido com mais tempo e por início da própria DGS.

“Ser publicitado não é um favor que administração pública faz, é apenas o cumprimento de um dever”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, lembrando que faltam apenas cinco dias para o início do evento. “Teria preferido ter conhecido as regras há mais tempo e ter conhecido não porque houve uma insistência para que fossem divulgadas, mas sim porque havia um dever óbvio e cívico de divulgação. Agora que foram divulgados, tenho de as conhecer em pormenor”.

O chefe de Estado lembrou o agravamento do número de casos de coronavírus em Portugal como principal razão para as limitações na realização da festa do PCP. “É muito importante num momento em que há uma evolução que não positiva — há uma estabilidade, mas é ascendente — e numa altura em que, na Europa, há muito cuidado em autorizar manifestações de grupos muito significativas, é muito importante que os portugueses fiquem convencidos em termos de credibilidade das instituições da solução adotada”.

O Presidente da República rejeitou fazer comentários sobre as limitações em si mesmas dizendo preferir ler primeiro todo o parecer. Disse apenas ter percebido que é “completo” nos domínios sobre os quais se pronuncia. “Eu vou examinar as regras antes de poder opinar sobre elas. Não é posso opinar sem ler”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Não é um favor. É um dever”, diz Marcelo sobre publicação das regras da DGS para o Avante

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião