Turismo recupera em julho. Houve um milhão de turistas, a maioria nacionais

INE revela uma quebra de 64% no total de hóspedes durante o mês de julho, uma quebra expressiva, mas menor que a registada nos meses anteriores.

Em julho, o setor do alojamento turístico continuou a sentir a crise provocada pela pandemia, mas de forma menos intensa que nos meses anteriores, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). Houve uma recuperação: foram registados um milhão de turistas, a grande maioria nacionais.

Segundo o INE, Portugal “deverá ter registado 1,0 milhões de hóspedes e 2,6 milhões de dormidas, correspondendo a variações de -64,0% e -68,0%, respetivamente (-82,0% e -85,2% em junho, pela mesma ordem)”.

As dormidas de residentes terão diminuído 31,3% (-59,7% em junho) atingindo 1,7 milhões, representando 65,5% do total, enquanto as de não residentes terão decrescido 84,2% (-96,2% no mês anterior), situando-se em 906,6 mil”, diz o INE.

“Os hóspedes residentes terão sido 719,3 mil, o que se traduz num decréscimo de 32,7% (-60,3% em junho) e os hóspedes não residentes terão atingido um total de 305,8 mil, recuando 82,8% (-95,6% no mês anterior)”. Ou seja, claramente foram os turistas nacionais a ajudar à recuperação, isto num mês em que Portugal se manteve fora dos corredores aéreos, nomeadamente o britânico, o que só aconteceu em meados de agosto.

De acordo com o INE, “o Alentejo terá continuado a apresentar a menor diminuição no número de dormidas, face ao mês homólogo, apresentando uma descida de 25,8% (-6,6% no caso dos residentes e -63,3% no de não residentes), após a variação negativa de 48,9% no mês anterior”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Turismo recupera em julho. Houve um milhão de turistas, a maioria nacionais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião