Conferência Insurtech reúne especialistas numa sessão híbrida em Lisboa

  • ECO Seguros
  • 10 Setembro 2020

O hub de inovação instalado na Praça da Alegria, em Lisboa, acolhe duas conferências, na próxima terça-feira. Um dos seminários abordará o “estado da arte” na inovação tecnológica em seguros.

A Fintech House (FH) agendou para 15 de setembro, em Lisboa, dois eventos híbridos – de participação presencial e virtual – reunindo especialistas nacionais e internacionais de banca e seguros, em dois painéis temáticos de atualidade.

Na conferência das Insurtech, agendada para o início da tarde, os intervenientes partilharão insights sobre a evolução do setor segurador no contexto da disrupção digital e como se estão a adaptar os grandes e tradicionais players da indústria às propostas das startups emergentes relativamente a temas como a Internet of Things (IoT) e Behavioural Consumer Goods.

A troca de ideias será enriquecida com contribuições das áreas de regulação, da academia e de responsáveis de insurtechs portuguesas. A lista de convidados inclui Manuel Caldeira Cabral, membro do Conselho de Administração da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF); Sérgio Rebelo, Economista e professor, Kellogg School of Management, que dará a sua visão sobre as melhores práticas mundiais.

O encontro dedicado à realidade Insurtech conta ainda, entre outros, com empreendedores representantes de startups (Drivit, Habit e Lovys) e responsáveis de seguradoras nacionais.

O fórum Sustainable Finance, que decorre durante a manhã, terá como Key Note Speakers, os convidados Richard Peers ex-quadro mundial da Microsoft e fundador da Responsible Risk e Sarah Breeden, diretora executiva no Bank of England. A lista de intervenientes na conferência online integra ainda Sofia Santos, consultora de Finanças Sustentáveis do Crédito Agrícola; Luís Castro e Almeida, CEO do BBVA Portugal; Luís Laginha de Sousa, membro do Conselho do Banco de Portugal; Laura Cravo da CMVM e José Manuel Campa, chairperson da Autoridade Bancária Europeia. Neste painel, os participantes trazem visão e detalhes sobre o empenho das suas organizações em matéria de finanças sustentáveis em diferentes perspetivas de responsabilidade.

Os eventos são de participação gratuita e podem ser acompanhados online. Aceda aqui ao programa da conferência InsurtechEmbracing Digital Transformation in Portuguese Insurance.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Conferência Insurtech reúne especialistas numa sessão híbrida em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião