Os números da nova Cuf Tejo

  • ECO
  • 28 Setembro 2020

Um investimento de 170 milhões de euros, 213 camas de internamento e 14 camas de cuidados intensivos e 113 gabinetes de consulta. São alguns números da nova Cuf Tejo, em Lisboa.

A Cuf Tejo abre hoje ao público. O novo hospital privado do grupo Cuf — que substitui o Hospital CUF Infante Santo, o mais antigo hospital privado do país — obrigou a um investimento de 170 milhões de euros e vai ter uma abertura faseada até ao final do ano. A partir desta segunda-feira, abrem as áreas de Consulta Externa e a Imagiologia e, numa segunda fase, que decorrerá até ao final do ano, abrem as áreas de Internamento, Bloco Operatório, Unidade de Cuidados Intensivos e Atendimento Permanente de Adultos e Atendimento Pediátrico Não Programado.

Quais são os principais números deste novo hospital, na zona de Alcântara em Lisboa?

  • A CUF Tejo tem uma capacidade instalada de 10 salas de Bloco Operatório , com uma Sala de Neurocirurgia que tem o sistema de neuronavegação com apoio ecográfico, visualização de imagem 3D e microscópio última geração.
  • A Cuf Tejo tem 213 camas de internamento, uma Unidade de Cuidados Intensivos com 14 camas, 113 Gabinetes de Consulta, 65 Gabinetes Exames e um Atendimento Permanente de Adulto e Atendimento Pediátrico Não Programado.
  • Num ano, o Hospital CUF Tejo tem a capacidade de realizar 465 mil consultas consultas de especialidade, 80 mil diárias de internamento, 23 mil cirurgias e 80 mil episódios de Atendimento Permanente.
  • O Hospital CUF Tejo tem uma área superior a 75.000m² distribuída por seis pisos acima do solo e quatro pisos subterrâneos, contando com 800 lugares para estacionamento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Os números da nova Cuf Tejo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião