Ministro das Finanças “reconheceu” que OE dá “mais dinheiro” ao Novo Banco, diz Bloco

  • Lusa
  • 16 Outubro 2020

"Não faz sentido nenhum um OE que continua a comprometer-se com dinheiro para o Lone Star, para o Novo Banco, sem haver uma auditoria ao que se está a passar", defende Catarina Martins.

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou esta sexta-feira que, tal como “já reconheceu” o ministro das Finanças, o Orçamento do Estado para 2021 “compromete” o Fundo de Resolução com “mais dinheiro” para o Novo Banco.

Numa reação à entrevista concedida pelo primeiro-ministro, António Costa, ao Público, Catarina Martins afirmou que “o OE, tal como foi entregue, e como o ministro das Finanças já reconheceu, compromete o Fundo de Resolução e o erário público com mais dinheiro para a Lone Star, seja ele já ou no ano seguinte, porque há agora um empréstimo, mas no ano seguinte há que pagar”.

A líder do BE encontra-se nos Açores no âmbito da campanha eleitoral para as legislativas regionais, tendo reunido esta tarde com agentes turísticos em Ponta Delgada.

“Não faz sentido nenhum um OE que continua a comprometer-se com dinheiro para o Lone Star, para o Novo Banco, sem haver uma auditoria ao que se está a passar. O próprio ministro das Finanças diz que isso está no OE. Isso está por resolver”, frisou a coordenadora nacional do Bloco.

Esta sexta-feira, no parlamento, o PS usou oito vezes a palavra “mentira” para contrariar a acusação do BE de que o Governo não quer “avançar mais” no combate à pobreza para transferir dinheiro para o fundo de resolução dos bancos.

Durante nove minutos, o vice-presidente da bancada socialista João Paulo Correia falou aos jornalistas no parlamento para responder à coordenadora do BE e dizer que as acusações de Catarina Martins “estão baseadas numa mentira e essa mentira tem que ser desfeita”.

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, lembrou na quinta-feira, em declarações ao Observador, que a viabilização sem os bloquistas é “matematicamente” possível para sublinhar que, apesar de o Governo não ter maioria absoluta, o BE “também não tem”.

Questionada sobre se estão reunidas condições para um acordo após as declarações de Costa e Duarte Cordeiro, Catarina Martins registou que tanto o secretário de Estado como o primeiro-ministro “dizem que querem continuar a negociar”. E manifestou a esperança de “continuar a conversar para que haja avanços nestas aéreas, porque o país precisa mesmo de soluções”.

“Eu centro-me no que têm dito as pessoas com quem tenho negociado o OE e com quem temos tido reuniões e procurado soluções. Registo que o ministro das Finanças reconhece que este OE dá 200 milhões de euros do Fundo de Resolução, um fundo com dinheiro público, para ir para o Novo Banco, a que acresce o empréstimo que os bancos fazem ao Fundo de Resolução, que vai ficar mais endividado e o Estado terá que pagar, no total mais de 400 milhões de euros”, afirmou.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ministro das Finanças “reconheceu” que OE dá “mais dinheiro” ao Novo Banco, diz Bloco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião