Mudança no ISV dos importados permite poupar até 50% num carro de gama média-baixa

  • Lusa
  • 16 Outubro 2020

Redução do ISV dos carros usados importados da UE por via da desvalorização da componente ambiental do imposto poderá chegar aos 612 euros num carro gama média-baixa, revelam contas da Deloitte.

A redução do ISV dos carros usados importados da União Europeia por via da desvalorização da componente ambiental do imposto poderá chegar aos 612 euros num carro gama média-baixa (-49,54%) e aos 841 num de gama média-alta (-45,45%).

Um conjunto de simulações realizadas pela consultora Deloitte, tendo por base a alteração ao Imposto Sobre Veículos (ISV) prevista na proposta do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), mostra que um carro importado com quatro anos, de gama média-baixa, e um nível de emissões de 128 gramas dióxido de carbono (CO2), pagará no próximo ano menos 175 euros de ISV do que em 2020 (1.728 face aos 1.903 euros até agora).

A redução na componente ambiental do ISV será tanto maior quanto mais elevada a idade do carro.

As mesmas simulações mostram que para esta tipologia de carro e de emissões, a redução do imposto a pagar por um carro importado em 2021 será de 376 euros se tiver nove a 10 anos e ascenderá a 612 euros se tiver mais de 15 anos, face ao valor a pagar em 2020.

Já num carro de gama média-alta, com um nível de emissões de 178 gramas de CO2, a redução do ISV será em 2021 de 24 euros se tiver até um ano ou de 240 euros, tendo entre quatro a cinco anos de idade.

Já se a idade do carro oscilar entre os nove e 10 anos, a redução do ISV ascenderá a 516 euros. Dito de outra forma: um carro com estas características que tenha entrado no mercado português em 2020 pagou 2.297 euros de ISV, mas em 2021 pagará 1.781 euros, uma redução de 22,48%.

Se tiver mais de 15 anos, o impacto da medida que consta da proposta do OE2021 será ainda mais elevado, já que o ISV cairá 841 euros, descendo de 2.078 para 1.237 euros.

A Deloitte fez ainda simulações para carros de elevada cilindrada (desportivos de luxo), com um nível de emissões de 482 gramas de CO2, que mostram que a poupança no ISV para os usados importados será em 2021 de 1.284 euros se o carro tiver até um ano ou de 12.837 euros se tiver entre quatro e cinco anos.

Para carros desportivos de luxo mais antigos, a redução do ISV por via da fórmula de cálculo na componente ambiental poderá ascender a 27.599 euros (menos 39,61%) se tiver uma dezena de anos e rondar os 50 mil euros (-65,52%) se tiver mais de 15 anos de idade.

A proposta do OE2021 altera a fórmula de cálculo do ISV nos veículos usados importados de outro país da EU, passando a contemplar “percentagens de redução” na componente ambiental, que se encontra indexada à idade do veículo em causa.

Até agora, apenas a componente cilindrada era desvalorizada em função da idade do veículo, no cálculo do imposto dos carros usados importados.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mudança no ISV dos importados permite poupar até 50% num carro de gama média-baixa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião