Tesla triplica lucros com entrega recorde de carros elétricos

  • Lusa
  • 22 Outubro 2020

Tesla entregou um total de 139.300 veículos no terceiro trimestre, um número recorde. Maioria dos modelos vendidos são o Model 3 e o Model Y.

O lucro da Tesla mais do que triplicou (218%) no terceiro trimestre, face a igual período de 2019, para 331 milhões de dólares (280 milhões de euros), anunciou a fabricante de automóveis elétricos.

Com este resultado, eleva-se para 435 milhões de dólares (cerca de 369 milhões de euros, à taxa de câmbio atual), os lucros que a empresa acumula este ano.

As receitas provenientes do setor automóvel atingiram os 7.611 milhões de euros (6.447 milhões de euros) no trimestre, mais 47% que em igual período do ano passado.

As receitas totais da Tesla, que incluem também o negócio da venda de baterias, somaram 8.711 milhões de dólares (7.379 milhões de euros), o que representa uma subida homóloga de 45%.

O aumento do lucro resultou de um recorde de entregas de veículos durante o trimestre.

Em 02 de outubro, a Tesla comunicou ao mercado que entregou um total de 139.300 veículos no terceiro trimestre, o que corresponde a um aumento de 7%. A produção foi de 145.036 veículos.

Desde o início do ano, a Tesla já produziu 329.980 unidades e entregou 319.980 veículos.

A maioria dos veículos produzidos e entregues são Model 3 e Model Y.

A empresa fundada pelo empresário Elon Musk tem uma fábrica em Fremont (EUA) e outra em Xangai (China).

A Tesla sublinhou que a construção da sua mega unidade nos arredores de Berlim (Alemanha) “está a progredir rapidamente” e que espera que comece a produzir o Model 3 e Model Y em 2021.

O grupo também está a construir outra mega unidade no Texas (EUA), onde produzirá o Model Y e o Cybertruck, o camião “pickup” da Tesla.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tesla triplica lucros com entrega recorde de carros elétricos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião