Bolsas europeias celebram eleição de Joe Biden nos EUA

O otimismo na Europa deve-se ao recuo na incerteza sobre as eleições nos EUA e está a levar os investidores a ignorar o agravamento das medidas de controlo da pandemia em países como Portugal.

A eleição de Joe Biden como próximo Presidente dos Estados Unidos foi confirmada este fim de semana, pondo fim às incertezas sobre o processo eleitoral no país. Apesar de o ainda presidente Donald Trump já ter anunciado que vai contestar a decisão, as bolsas europeias estão a beneficiar da notícia.

Portugal acompanha a tendência, com o índice PSI-20 a subir 1,15% para 4.087,49 pontos e todas as cotadas no verde. A Mota-Engil lidera os ganhos, a valorizar 3,64% para 1,14 euros por ação. Os pesos-pesados da banca e energia também ajudam o índice. O BCP sobe 2% para 0,0776 euros, a EDP avança 1,8% para 4,452 euros, a EDP Renováveis ganha 1,2% para 17,06 euros, a Galp Energia valoriza 1,2% para 7,12 euros.

Na Europa, o Stoxx 600 ganha 1,6%, o alemão DAX sobe 1,8% e tanto o britânico FTSE 100 como o francês CAC 40 avançam 1,4%. Em termos empresariais, o foco está no Deutsche Bank, após o Financial Times ter noticiado que o banco rejeitou suspender partes da operação como pediu o Banco Central Europeu (BCE). O supervisor terá mostrado preocupação com a falta de monitorização do risco em transações altamente alavancadas, numa carta enviada durante o verão. Apesar disso, as ações do banco valorizam.

O otimismo na Europa deve-se ao recuo na incerteza sobre as eleições nos EUA e está a levar os investidores a ignorar o agravamento das medidas de controlo da pandemia em países como Portugal, que entrou esta segunda-feira novamente em estado de emergência.

As renovadas medidas de confinamento na Europa, para tentar conter o número de novos casos de Covid-19, vai ter impacto no outlook de procura global por petróleo, segundo alertou a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês). O diretor de mercados e segurança Keisuke Sadamori disse, à Reuters, que é provável que o efeito seja menos severo do que o sentido no início do ano.

Partes importantes do continente europeu estão em confinamento. Isto irá certamente contribuir negativamente” para o setor, disse Sadamori, anunciado que a agência vai rever em baixa as projeções. Apesar do aviso, o petróleo segue em alta, com o brent negociado em Londres a ganhar 1% para 40,40 dólares por barril e o crude WTI a subir 0,9% para 38,05 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsas europeias celebram eleição de Joe Biden nos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião