TOOLTO desenvolve plataforma de assistência em cuidados de saúde

  • ECO Seguros
  • 19 Novembro 2020

A insurtech portuguesa já tem a nova plataforma a funcionar na solução Vida Diária, da IMA Ibérica Assistência. Os serviços da Tool to Care são desenvolvidos por profissionais de saúde.

A TOOLTO, start-up portuguesa da área dos serviços de mobilidade e Insurtech, lançou a plataforma Tool to (Care), que pretende contribuir para uma melhoria da experiência de cliente na gestão de cuidados de saúde.

A Tool to (Care) é uma nova plataforma a funcionar “como um serviço com uma abordagem integrada que promove uma melhor gestão dos cuidados de saúde, gerindo as necessidades à distância, através de soluções ágeis, benefícios mútuos, modularidade, personalização e marketplace de cuidados de saúde, não só no caso de um evento médico, mas também por via de um módulo preventivo proativo”, explica tecnológica em comunicado.

“Os prestadores de cuidados de saúde, as Seguradoras e os Hospitais têm sido confrontados com o desafio de se reinventarem enquanto procuram melhorar fornecer um serviço sem falhas. Por outro lado, os utilizadores destes serviços sentem, muitas vezes, falta de acompanhamento e ausência de informação sobre o que podem fazer, como e onde. A Tool to (Care) pretende humanizar esta jornada, facilitando, não só, o processo de resposta a qualquer evento médico, como também todas as outras necessidade pré e pós qualquer evento, como o simples conhecimento de saber se tudo está bem e voltou à normalidade”, afirma Nuno Sobral, CEO da TOOLTO.

Os serviços de healthcare disponíveis na plataforma Tool to Care são desenvolvidos por profissionais de saúde e funcionam como um conselheiro de saúde, tendo por base as necessidades médicas, histórico e sintomas. A plataforma integra diferentes tipos de serviço: aconselhamento de saúde, transporte médico, apoio domiciliário, segunda opinião médica, teleassistência e medicina ou prescrição de receitas e entrega de medicamentos, entre outros.

Todos estes serviços são apoiados pelas tecnologias que a TOOLTO já utiliza, “como a omnicanalidade”, proporcionando um marketplace de serviços que possibilita “acompanhamento por Whatsapp ou telemedicina, e com a possibilidade de realização de consultas médicas por videoconferência”.

A plataforma já está a ser utilizada pela IMA Ibérica Assistência, através do serviço Vida Diária. “Atualmente, quando alguém se depara com um evento médico, surgem muitas questões, (…), por isso que decidimos apostar na Tool to (Care), de forma a conseguirmos prestar um serviço ainda melhor de teleassistência aos nossos utilizadores, bem como todas as outras coberturas do Vida Diária”, testemunha no mesmo comunicado Eduardo Piçarra, Country Manager da IMA Ibérica Assistência.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

TOOLTO desenvolve plataforma de assistência em cuidados de saúde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião