Luxury Hunting: “É possível vender marcas muito caras online”

Um relatório da Mazars dá como certo que os negócios de luxo se vão transformar para aproveitar a tecnologia e o mercado circular. Mónica Seabra-Mendes inaugura esta série vídeo sobre o Luxo em 2021.

É uma das mais importantes especialistas no mercado nacional em Luxo e é com Mónica Seabra-Mendes que iniciamos esta série especial sobre o futuro do luxo em 2021 – Luxury Hunting.

Como é que as marcas de Luxo responderam durante o Lockdown e que desafios trouxe a Covid-19 ao luxo, são temas em análise nesta conversa.

Assim como a necessidade das marcas de luxo trazerem o chamado feelgood factor à época de festas com campanhas aspiracionais e que nos façam sonhar.

O Futuro do Luxo começa aqui…

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Luxury Hunting: “É possível vender marcas muito caras online”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião