Preços dos produtos Amazon disparam com a pandemia

  • ECO
  • 22 Janeiro 2021

Aquecedores de exteriores tiveram um aumento da procura com os novos confinamento de inverno, passando de 150 dólares para 699, mais 366%.

Um estudo que analisou 750 artigos comparou os preços pré-pandemia com os preços no final de 2020 e concluiu que houve aumentos de preços significativos na Amazon, avança o Financial Times (em inglês).

Os artigos analisados variavam entre produtos essenciais, tais como equipamentos de proteção individual, como máscaras, ou até mesmo papel higiénico, e produtos que se tornaram populares devido aos confinamentos, tais como monitores de computador, necessário para telescola ou teletrabalho.

O estudo, publicado pelo US Public Interest Research Group, uma organização não partidária de defesa do consumidor detalha que a maioria dos produtos analisados (409) teve um aumento de 20%, 136 aumentaram mais de 50% e os aquecedores de exteriores (com maior procura nos novos confinamento de inverno) passaram de 150 dólares para 699 (de cerca de 124 euros para 576), mais 366%.

“O que descobrimos”, disse a investigadora, Grace Brombach, “foi que, embora a Amazon esteja a tomar medidas para reprimir os preços no seu site, este continua a ser um problema”.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Preços dos produtos Amazon disparam com a pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião