Agências da rede DS emitiram 10 mil novas apólices em 2020

  • ECO Seguros
  • 27 Janeiro 2021

Apesar das dificuldades da pandemia, a rede DS teve melhor ano de sempre, com a faturação na área dos seguros a crescer 18%. A empresa abriu 11 agências em 2020 e quer abrir mais 25 em 2021.

Num ano atípico marcado pela crise sanitária, a Decisões e Soluções (DS), rede de consultoria imobiliária, intermediação crédito bancário e seguros, manteve o “ritmo de crescimento de uma forma sustentada em todas as suas áreas de atividade, registando um aumento de 21% em comparação com o período homólogo”, anunciou a empresa de aconselhamento e consultoria.

Guida Sousa, Diretora Coordenadora Nacional da rede DS afirma, num comunicado, que 2020 “foi o melhor ano nível de resultados, tendo algumas agências superado o milhão de euros de faturação. Relativamente a 2021, a coordenadora nacional antecipa que seja um ano “de grande crescimento nas áreas imobiliária e de intermediação de crédito”.

Na área de Seguros, a DS assistiu a um “crescimento de 18% na faturação dos agentes, comparando com o período homólogo”. Foram emitidas “cerca de 10.000 novas apólices, o que representa um crescimento de 13% face ao ano anterior”. No ramo Vida, “o crescimento foi de 35% na emissão de novas apólices comparando com o período homólogo, sendo que em 2020 foram emitidas cerca de 3.500 novas apólices”. Também no que diz respeito “aos seguros estratégicos (Vida + Saúde + Acidentes Pessoais + Multirriscos) o crescimento foi de 30% com quase 6.000 apólices emitidas”, detalha a DS em comunicado.

De acordo com Luís Tavares, Diretor Coordenador Nacional da DS na área dos seguros: “no ano de 2020, mesmo com todas as dificuldades derivadas da Pandemia e da recessão económica, os profissionais da DS estão de parabéns, pois foi o melhor ano de sempre e inclusivamente a faturação das agências na área dos seguros cresceu 18% em comparação com período homólogo, o que nos deixa bastante satisfeitos pela adaptação à mudança e reação a uma crise tão profunda”.

Em termos de resultados em 2020, e comparando com o ano anterior, a Decisões e Soluções destaca a área da intermediação de crédito, na qual registou um crescimento na faturação de 72%. O valor médio de cada operação de crédito à habitação foi de 116.370 euros e de crédito pessoal, o valor de 14.850 euros.

O negócio da Mediação Imobiliária registou um crescimento global de 7% no volume de transações realizadas em comparação com período homólogo. O valor médio dos imóveis vendidos foi de 129.320 euros, já o dos arrendamentos foi de 580 euros. Na Mediação de Obras e Construção de Imóveis, o valor médio de cada casa adjudicada foi de 123.950 euros e no caso da mediação de obras, o valor médio das obras adjudicadas foi de 31.950 euros, indica informação da DS.

Em relação às aberturas de novos espaços, “2020 foi um ano igualmente forte, com a abertura ao público de 11 novas agências”, no Montijo, Almeirim, Seixal, Baixa da Banheira, Braga S. Vicente, Loures Infantado, Vila Praia de Âncora, Charneca da Caparica, Faial Horta, Sacavém e Barreiro Fidalguinhos.

Atualmente com 100 agências e 450 mil clientes em todo o país, a DS tem como objetivo para 2021 “manter o crescimento de todas as suas áreas, mantendo a sua política de expansão com a abertura de 25 novas agências e o recrutamento de cerca de 1.000 colaboradores para as funções de direção comercial, gestor de crédito, consultores imobiliários e de seguros, de forma a reforçar a sua rede”.

A empresa realça ainda que durante o período de confinamento a marca manteve a sua atividade em todas as áreas, tendo adotando o sistema de teletrabalho e de formação e apoio à distância, o que lhe permitiu manter os níveis de motivação da rede e consequentemente os seus bons resultados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Agências da rede DS emitiram 10 mil novas apólices em 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião