BRANDS' PESSOAS iBD estabelece ordenado mínimo de 800 euros para 2021

  • BRANDS' PESSOAS
  • 29 Janeiro 2021

iBD Global – Empresa do Grupo Bernardo da Costa – supera a meta do Governo para 2023 e estabelece ordenado mínimo de 800 euros para 2021.

A iBD Global acredita que salários justos são o ponto de partida para uma empresa saudável e em crescimento. Neste sentido a empresa do Grupo Bernardo da Costa decidiu estabelecer como ordenado mínimo, a partir de janeiro de 2021, o valor de 800 euros, superando assim a meta do Governo para 2023.

Para uma empresa que busca a felicidade, a iBD Portugal rapidamente percebeu que a compensação monetária é uma componente fundamental, porque não é apenas um número; é uma medida emocional que reflete o quanto um colaborador se sente valorizado dentro da organização.

Segundo Ricardo Costa, CEO da iBD Portugal e do Grupo Bernardo da Costa, esta política empresarial não é nova e “reflete o nosso posicionamento face ao mercado de trabalho, captação e retenção de talento. Pretendemos uma equipa jovem, altamente qualificada e motivada e não conseguimos isso com salários baixos. É nossa obrigação, enquanto gestores, garantir um nível de vida familiar digno a todos os nossos colaboradores. Temos consciência do momento complicado que o país atravessa em consequência da Pandemia que nos afetou. Mas também sabemos que é cada vez mais importante que as pessoas tenham um salário que lhes permita ter uma vida digna.”

Ricardo Costa adianta ainda que “a progressão na carreira é outra das preocupações em todas as empresas do Grupo Bernardo da Costa e acredito que uma equipa ambiciosa é o motor principal das grandes empresas multinacionais e por esse motivo também não descuramos este ponto na carreira profissional de cada pessoa que trabalha connosco. Teremos também novidades em breve no que se refere ao nosso Departamento da Felicidade, que mesmo em Pandemia continuou a trabalhar para proporcionar as melhores condições, bem-estar e equilíbrio entre a vida pessoal e profissional a todas as pessoas que trabalham connosco.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

iBD estabelece ordenado mínimo de 800 euros para 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião