Como fica o organograma da nova AON após fusão com WTW

  • ECO Seguros
  • 1 Fevereiro 2021

Assumindo em conjunto a visão de uma empresa tornada única, as corretoras globais divulgaram a estrutura que compõe a comissão executiva da entidade emergente da fusão.

A Aon já definiu a equipa que vai liderar a gigante de corretagem resultante da combinação com a Willis Towers Watson (WTW).

Enquanto o projeto de fusão por aquisição prossegue trâmites da avaliação pelas autoridades reguladoras e da concorrência, a companhia com sede em Dublin divulgou, em comunicado conjunto, o organograma do Comité Executivo da nova entidade, que será a maior do mundo em corretagem e consultoria de risco.

A estrutura apresentada será efetiva logo que fique concluída a operação anunciada em março de 2020, de unir Aon e WTW, através de uma fusão acordada por troca de ações de capital, na qual a Aon (adquirente) será maioritária na sociedade emergente.

Assim que se conclua projetada fusão, as pessoas nomeadas e indicadas no organograma juntar-se-ão a Greg Case (Chief Executive Officer) e Christa Davies (Chief Financial Officer), formando a Comissão Executiva da “nova Aon”, adianta o comunicado.

Organograma Comissão Executiva “nova Aon”. Fonte: Aon Plc

Os elementos que compõem esta equipa estão muito comprometidos e são “verdadeiros defensores” de uma “empresa com mentalidade única”, salienta Greg Case, CEO da AON, função que continuará a desempenhar na empresa resultante da fusão.

“Aon e Willis Towers Watson têm uma oportunidade única de criar uma combinação que fará uma diferença ainda maior na economia global e proporcionará experiências sem paralelo aos nossos clientes e colegas”, afirma o CEO no comunicado. “Esta equipa talentosa recorre ao melhor de ambas as organizações e será fundamental para concretizar as aspirações que temos para a nova Aon”, acrescentou Case.

“À medida que vamos sabendo mais uma da outra, enquanto organizações, torna-se claro que um motor fundamental do nosso sucesso serão os líderes que abracem plenamente uma mentalidade firme“, complementa John Haley, CEO, Willis Towers Watson, no mesmo comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Como fica o organograma da nova AON após fusão com WTW

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião