Passaportes sanitários para viagens na UE ainda vão demorar meses

  • ECO
  • 3 Março 2021

Os estados-membros estão em desacordo quanto ao uso do certificado sanitário. Países mais dependentes do turismo como a Grécia querem uma rápida introdução do mecanismo. Outros duvidam da medida.

A União Europeia (UE) ainda está a meses de emitir os certificados de imunidade à Covid-19, e ameaça mais uma temporada de turismo para os setores da aviação, hotelaria e restauração, segundo avança a Bloomberg (acesso pago/conteúdo em inglês).

A Comissão Europeia está a trabalhar no “estabelecimento de um quadro de confiança e de uma infraestrutura digital que facilite a autenticação” de tais documentos, segundo uma nota informativa citada pela agência financeira.

Os líderes da UE foram informados na semana passada que “o trabalho técnico que sustenta tal plataforma pode levar de três a quatro meses”, de acordo com o memorando datado de 2 de março. Além disso, há questões legais que podem representar um obstáculo a estes certificados de imunidade.

O sistema que está a ser desenvolvido pela Comissão Europeia passará por atribuir este “passaporte” a quem teve resultado negativo no teste realizado recentemente, esteja completamente vacinado ou recuperados do coronavírus, ou seja, àqueles que são considerados imunes.

Contudo, os estados-membros estão em desacordo quanto ao uso do certificado sanitário, com as economias mais dependentes do turismo como a Grécia a quererem acelerar a introdução destes “passaportes” para o regresso de atividades como viagens ou jantar fora, pelo menos para um segmento da população. Já países como a França e a Bélgica têm resistido à ideia, invocando argumentos de privacidade e equidade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Passaportes sanitários para viagens na UE ainda vão demorar meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião